Cantona critica Blatter e Platini: "São como a peste e a cólera"

A batalha pelo posto mais alto do futebol mundial está dando o que falar. Nesta terça-feira (21), foi a vez de Eric Cantona se manifestar e alfinetar Josep Blatter e Michel Platini pelo prélio que vale a presidência da FIFA. O ex-craque dos Diabos Vermelhos classificou os dois como a “praga e cólera”, afirmando que a política não deve estar acima do esporte.

Blatter ocupa o cargo mais alto no futebol há 16 anos, mas enfrenta um desafio potencial do francês na próxima eleição. Platini, presidente da UEFA desde 2007 ao derrotar o sueco Lennart Johansson - o mesmo que Blatter venceu nas eleições da FIFA em 1998 -, busca chegar ao “auge” de sua carreira.

O atual presidente considera que o seu homólogo da UEFA, não deverá apresentar-se contra si em eleições para dirigir a entidade a partir de 2015, que pode encerrar um reinado de Joseph Blatter.

Rivias pela presidência da FIFA (Foto: Divulgação/UEFA)

Motivado por essas confusões, Eric Cantona afirmou ao jornal Le Parisien que o fato é humilhante e o esporte, cada vez mais, vai sendo deixado à parte nos dias atuais. Uma lástima para a modalidade esportiva mais popular do planeta.

"Platini foi um grande jogador, ele é um grande homem do futebol, mas hoje, ele é um político como o resto. Por outro lado, como todos eles são políticos, seria bom que um ex-jogador ser eleito chefe da FIFA. Talvez seja, dos males o menor”, destacou.

O ex-camisa sete do United ainda usou de seu sarcasmo para definir os dois mandatários: "Quando você tem que escolher entre a peste e a cólera, é melhor obtê-la de quem conhece mais sobre o assunto", concluiu.

VAVEL Logo