Ancelotti elogia Bale e exalta atuação de Marcelo: "Foi um dos melhores em campo"

Depois de 12 anos, o Real Madrid conquistou a Uefa Champions League de novo. A tão sonhada "La Decima" chegou nas mãos do clube merengue, mas a partida foi sofrida. O placar até pode enganar, mas o jogo foi truncado e definido nos detalhes, segundo o próprio técnico merengue, Carlo Ancelotti. E, para o treinador italiano, que levantou sua terceira Champions League, a melhora do Real passou pelos pés de um brasileiro: o lateral Marcelo.

LEIA MAIS: Na prorrogação, Real Madrid goleia Atlético e conquista La Décima

O Real cresceu de produção aos 12 minutos do segundo tempo, quando o brasileiro Marcelo entrou em campo. E, na prorrogação, após o gol de Sérgio Ramos nos acréscimos do tempo normal, dos pés do lateral brasileiro saiu o terceiro gol da equipe. O treinador Carlo Ancelotti disse que o atleta ficou insatisfeito por saber que começaria no banco, mas quis o destino que Marcelo entrasse em campo e melhorasse a atuação merengue. Melhorasse tanto que o atleta fosse escolhido pelo próprio treinador como um dos melhores jogadores da partida.

"Marcelo estava chateado por não começar jogando, mas, quando ele entrou, foi um dos melhores em campo", elogiou Ancelotti.

(Foto: Jean Catuffe / Getty Images)

O treinador também destacou a atuação de Gareth Bale, outro que marcou contra o Atleti. Após boa jogada de Di Maria e rebote de Courtois, Bale, de cabeça, virou a partida para os merengues - antes, durante os 90 minutos, o galês já tinha perdido três oportunidades de gol. "No momento certo, Bale estava pronto para marcar e tem sido assim em toda temporada. Ele estará melhor ano que vem", garantiu o treinador.

VAVEL Logo