Palestina conquista AFC Challenge Cup e irá à Copa da Ásia de 2015
Foto: Reprodução/AFC

Nesta quinta-feira (30), a Palestina fez história ao bater as Filipinas por 1 a 0 na final da AFC Challenge Cup 2014, torneio realizado nas Maldivas desde o dia 19. A competição reúne as "seleções emergentes" do futebol da Ásia. O gol do título foi marcado pelo atacante Ashraf Alfawaghra nos instantes iniciais da etapa complementar.

Com a primeira taça de sua história, os palestinos disputarão a Copa da Ásia pela primeira vez. O torneio de seleções mais importante do continente asiático será disputado na Austrália em janeiro de 2015. A Palestina se juntará a Japão, Iraque e Jordânia no Grupo D da competição. A estreia está marcada para o dia 12 de janeiro, no Newcastle Stadium, em Newcastle, contra os japoneses, atuais campeões continentais.

LEIA MAIS: Grupos da Copa da Ásia de 2015 são definidos

Primeiro tempo sem gols

Antes de marcar presença na decisão, a Palestina liderou o grupo A da primeira fase, que também tinha Maldivas, Quirguistão e Myanmar. Na semifinal, despachou o Afeganistão, campeão da última edição da AFC Challenge Cup, disputada no Nepal em 2012. Já as Filipinas lideraram o Grupo B, se sobressaindo sobre Afeganistão, Turcomenistão e Laos. No mata-mata, eliminou as Maldivas, anfitriãs do torneio.

Entrando na final com um inovador esquema com quatro atacantes, os palestinos não puderam impor seu esquema de jogo em prática devido à forte marcação dos filipinos, que, por sua vez, se preservavam e apostavam nos contra-ataques. Os primeiros 45 minutos acabaram sendo monótonos e terminaram com o placar em branco.

Alfawaghra faz história e dá título à Palestina

Logo aos oito minutos do segundo tempo, os palestinos conseguiram impor pressão e acertaram a trave dos adversários com Theeb. O gol parecia questão de tempo e veio quando o relógio apontava 14 minutos. Em bela cobrança de falta, o atacante Alfawaghra mandou a bola para o fundo das redes e correu para o abraço.

A Palestina ainda teve chances de ampliar a vantagem no marcador e "matar" o jogo; entretanto, as desperdiçou. Já a seleção das Filipinas partia para o ataque na base do abafa, mas sem sucesso. O alto número de cartões amarelos (quatro) no tempo complementar mostrou o peso da tensão nos últimos 45 minutos.

No final das contas, a vitória confirmou a consagração de Ashraf Alfawaghra, artilheiro da AFC Challenge Cup com quatro gols. Mesmo estando no topo da artilharia, foi outro palestino quem conquistou o prêmio de melhor jogador da competição: o meia Murad Ismail Said.

Mais do que um esporte, o futebol é uma forma de os palestinos demonstrarem seu patriotismo e seu desejo de verem a Palestina tornar-se um Estado independente algum dia. Por enquanto, a região detém o status de Estado não membro da ONU, situação semelhante à do Vaticano, por exemplo.

A Faixa de Gaza, território palestino localizado a sudoeste do Estado de Israel, foi tomada por diversos telões, pelos quais os torcedores acompanharam a grande decisão. Após o apito final, muita festa tomou conta das ruas. Agora, o selecionado local, que já é motivo de orgulho para seus compatriotas, se prepara para trilhar caminhos jamais alcançados.

VAVEL Logo