Torcedores do Milan planejam protesto contra a provável demissão de Seedorf

Na tarde deste sábado (31), haverá protestos de cerca de 600 torcedores do Milan na nova sede do clube, a Casa Milan, reivindicando a permanência de Clarence Seedorf no comando do rossonero para a próxima temporada. O protesto deve-se a boa campanha que o holandês realizou desde sua chegada a Milão, mas que não convenceu a diretoria, que pretende substituí-lo por Filippo Inzaghi nos próximos dias.

De acordo com o periódico italiano Tuttosport, os tifosi rossoneri irão se reunir fora da nova sede do clube, às 17h (horário de Brasília), para mostrar que não estão de acordo com a escolha do clube em demitir Seedorf após a boa campanha que o holandês conseguiu fazer desde que foi contratado, em janeiro, para substituir Massimiliano Allegri.

Seedorf encarou o rossonero como seu primeiro time na carreira como treinador, uma vez que o ex-meio-campista estava em atividade no Brasil, defendendo o Botafogo. E, apesar das cirustâncias não favoráveis, o holandês de 38 anos conseguiu o dobro de pontos que Allegri na primeira parte da temporada, além de conseguir levar o clube milanês à oitava colocação na Serie A.

No entanto, mesmo com a boa campanha, Seedorf não deverá ser o treinador do Milan para a próxima temporada, já que, segundo o periódico Corriere dello Sport, ‘Pippo’ Inzaghi, treinador do Milan Primavera (time de base do Milan) deverá assumir o comando do time de Milão dentre os dias 3 e 5 junho, pouco antes de Silvio Berlusconi, presidente do clube, visitar a Casa Milan, no dia 6.

Durante o decorrer desta semana, o jornal de Milão, Gazzetta dello Sport, revelou que Inzaghi seria o próximo treinador do Milan para a próxima temporada. Entretanto, o Milan ainda não se posicionou oficialmente sobre o caso, levando muitas dúvidas às cabeças dos torcedores. Os torcedores, assim, caminharão em direção à sede neste sábado para desabafarem sua raiva.

VAVEL Logo