Visando recuperação, LA Galaxy e Chivas USA se enfrentam no dérbi de Los Angeles
Donovan marcando um dos seus mais belos gols, contra o rival em outubro de 2013 (Divulgação/LA Galaxy)

Fechando a 14ª rodada da temporada regular da Major League Soccer, na noite de domingo (08), LA Galaxy e Chivas USA se enfrentam no clássico de Los Angeles. A rivalidade é considerada uma das maiores dos Estados Unidos. A novidade no confronto será à entrada de Rob Friend, na vaga de Robbie Keane que estará defendendo a seleção da Irlanda.

Na rodada passada os Galácticos empataram em 1 a 1 com o Chicago Fire fora de casa, perdendo grande chance de ficar na quinta colocação entrando na zona de classificação para os playoffs da Conferência Oeste. Os Goats vem de três partidas sem vitória, na última perdeu para o Philadelphia Union por 3 a 0, os rojiblancos  continuam na última colocação da mesma conferência com apenas duas vitórias.

Na história foram no total 29 encontros. Os verde e ouro venceram 19 vezes, marcando 51 gols. Já o Chivas triunfaram apenas 4 vezes, com 21 tentos a favor. A vantagem dos tetracampeões é enorme, mas em clássico tudo pode acontecer. Nas últimas partidas entre os clubes o LA venceu fácil: 3 a 0 no dia 6 de abril com show de Ishizaki e 5 a 0 em 6 de outubro de 2013, com direito a golaço de Donovan por cobertura. A última vitória do Chivas foi em maio de 2012, José Correa marcou de pênalti aos 27 da etapa final.

Keane fora, Friend será o substituto; Juninho confirmado

O capitão e principal jogador de LA está fora nesta rodada, com 7 gols na Liga Robbie Keane é peça importante no esquema de Bruce Arena. O atacante esteve junto com a seleção da Irlanda, que empatou com a Costa Rica em 1 a 1. Na sua vaga estará Rob Friend, canadense contratado no início do ano, que ainda não vingou na equipe. Foram 7 jogos e nenhum gol anotado. Omar Gonzalez também está com a sua seleção, o zagueiro participa da preparação dos americanos para o mundial.

Ao lado de Friend vai jogar Landon Donovan, que vem mostrando bom futebol após seu surpreendente corte da lista final do US Team para a Copa do Mundo. O camisa 10 bateu o recorde da MLS em número de gols marcados e se tornou o maior artilheiro da Liga em todos os tempos. Landon exaltou a qualidade do adversário: “Nós sabemos que eles lutaram, tiveram boas performances ao longo da temporada.

A única parte decepcionante é que não tivemos os resultados que queríamos. Jogamos bem vários jogos, porém isso não é muito. O jogo contra Chicago foi muito feio, mas conseguimos um ponto e estamos bem com isso”. Falou o experiente jogador.

O brasileiro Juninho está confirmado no time titular, o ex-jogador do São Paulo comentou sobre a atual situação do Galaxy na competição: “Eu estou aqui a cinco temporadas, mas eu nunca estive na parte de baixo da tabela como estamos agora.” Disse o volante de 25 anos. “É muito triste, mas espero que possamos vencer o Chivas e subir na tabela.” Concluiu.

Dan Kennedy vai se tornar o jogador com mais partidas disputadas pelo Chivas

O goleiro, Kennedy vai gravar o seu nome na história dos Goats. No domingo, ele fará sua partida de número 124 com a camisa rojiblanca, superando Jonathan Bornstein e Francisco "Panchito" Mendoza. Segundo o camisa 1, não há partida mais adequada para bater esse recorde do que em um SuperClasico.

É algo que eu tenho orgulho e olho para construir sobre ela. Para mim, nunca foi sobre quantos, mas sobre a qualidade que é a minha partida, será isso que vou tentar provar.” Disse.

Há um monte de nomes na lista que é realmente uma honra ter jogado com eles. Bornstein e Mendoza foram dois caras que fazem parte da história do clube, estiveram nos anos de maior sucesso da equipe.

Kennedy atuou na Universidade de Santa Barbara, e em 2004 foi draftado pela filial mexicana do Guadalajara. No entanto, o jogador passou por alguns clubes de Porto Rico e Chile antes de voltar para a sua atual equipe em 2008.

Apesar, das más atuações nos últimos encontros, o técnico Wilmer Cabrera falou da motivação de seus jogadores para atuar contra o maior rival: “É definitivamente uma boa oportunidade para eles [jogadores] e para nós [comissão técnica] tentarmos um bom desempenho contra uma equipe muito boa. A semana tem sido produtiva”.

É sempre fantástico ter a possibilidade de jogar contra o seu rival, da mesma cidade no mesmo estádio. Você não precisa de motivação extra porque a própria motivação está lá e espero que possamos traduzir tudo isso no momento do jogo”. Comentou o manager do Chivas USA.

As principais ausências para o jogo é Oswaldo Minda, o meia está suspenso pelo excesso de cartões amarelos. Além dele Marvin Chavez está defendendo a Seleção de Honduras na preparação para a Copa do Mundo.

VAVEL Logo