Jürgen Klinsmann: “Nossa meta é estrear com o pé direito”
Klinsmann, campeão da Copa em 1990, lotou a sala de imprensa do CT da Barra Funda (Foto:Rubens Chiri)

Na manhã desta quarta-feira (11), no Centro de Treinamento da Barra Funda, o técnico da seleção Americana de futebol, Jürgen Klinsmann, concedeu entrevista coletiva para mais de cem jornalistas. O alemão falou sobre a estada dos Ianques no CT do São Paulo e sobre os adversários que irão enfrentar na Copa do Mundo.

"Sinto como se estivéssemos em casa aqui, porque já conhecemos tudo. Estamos ansiosos pelo primeiro jogo, porque estamos trabalhando há um mês. Queremos que a Copa do Mundo comece logo e todos abracem a nossa Seleção, porque nossa meta é estrear com o pé direito". Falou o técnico do US Team.

No Grupo G estão ao lado de Alemanha, Gana e Portugal. A estreia com um resultado positivo é muito importante para as pretensões do time da terra do Tio Sam. Eles enfrentam os africanos na segunda-feira (16), na Arena das Dunas, em Natal.

O favoritismo está do lado dos europeus, a Alemanha mantem uma boa equipe, já Portugal tem o craque Cristiano Ronaldo. Mesmo com esse fatores adversos, o alemão está otimista em relação a boa atuação da equipe: “Somos ambiciosos e com fome, porque queremos começar bem contra Gana.

Falar em ganhar o Mundial também não é realista. Mas, em 2004, ninguém teria prognosticado que a Grécia seria campeã da Europa e foi. O futebol é imprevisível. Se conseguirmos passar este grupo, então, o céu será o limite”, relembrou o comandante.

Questionado sobre a força dos adversários, Klinsmann comentou:"Provavelmente estamos no grupo mais difícil da Copa, mas não podemos ficar parados ou esperar. Respeitamos todos os adversários, mas sabemos da nossa força e fraquezas também. Nosso elenco está com energia positiva e confiante. Sabemos que os ganeses são um dos melhores no Continente Africano, mas queremos desafiá-los olhos nos olhos, assim como faremos com os alemães e portugueses também”.

O retrospecto a primeira adversária não é nada bom em Copas do Mundo. Contra Gana foram dois jogos e duas derrotas. Em 2006, o Men’s Natinal Team perdeu de 2 a 1, Dempsey, que tinha na época 23 anos, marcou o gols estadunidense que foram eliminados na primeira fase com apenas 1 ponto. Em 2010, outro confronto e novo triunfo dos africanos. 2 a 1 na prorrogação. Donovan foi o autor do tento solitário.

Klinsmann foi questionado sobre dirigir a seleção dona da casa, caso que aconteceu com ele em 2006 quando treinou a Alemanha na Copa do seu país. Ele considera que o Brasil, em 2014, vai fazer melhor que a sua seleção naquele ano e ainda falou sobre Felipão: “Ganhar não é suficiente. Têm de fazer muitos gols e jogar bonito. O Felipão vai ter que fazer a sua equipa mostrar isso”.

"Ele tem condições para conduzir o Brasil ao próximo título. Os torcedores vão abraçar a seleção e fazer uma grande festa. O Brasil tem futebol no sangue, eles esperam o título. Assim é simples. “Por isso, acho que têm grandes chances”, destacou.

Os Estados Unidos enfrenta além de Gana, a seleção de Portugal no dia 22, na Arena Amazônia e fecha a primeira fase com a Alemanha no dia 26, em Recife.

VAVEL Logo