Colômbia perde atacante Bacca para o restante da fase de grupos

Nesta terça-feira (17), a Federação Colombiana de Futebol (FCF) confirmou que o atacante Carlos Bacca ficará fora de combate entre sete e dez dias. Após realização de ressonância magnética, foi constatada uma contratura muscular de primeiro grau na coxa direita, que tira o jogador da primeira fase da Copa do Mundo.

"Depois de testes realizados pela equipe médica da Colômbia, liderada pelo Doutor Carlos Ulloa, foi constatado que o atleta Carlos Bacca sofreu uma lesão de primeiro grau na perna, o que requer um período de sete a dez dias de tratamento", anunciou a Federação Colômbiana de Futebol, em nota.

O atacante se lesionou no treino do último domingo, em que participaram apenas os jogadores que não entraram em campo na estreia, contra a Grécia. Os outros compromissos da seleção colombiana nessa fase de grupos são contra Costa do Marfim, na próxima quinta-feira, em Brasília, e Japão, em Cuiabá, no dia 24.

Vale lembrar que o treinador José Pekerman não tem o também atacante Falcao García, do Monaco, que se recupera de lesão no joelho direito. Na estreia, a vaga no comando de ataque ficou com Téo Gutiérrez, que passou em branco; no elenco, o argentino tem como opções ainda Jackson Martínez, do Porto, e Adrián Ramos, reforço do Borussia Dortmund para a próxima temporada.

VAVEL Logo