Benzema comenta prêmio de melhor do jogo contra a Suíça: "Estou feliz e orgulhoso"
Benzema comemora seu terceiro gol na Copa do Mundo (Foto: Dennis Grombkowski/FIFA)

Na partida desta sexta-feira (20), válida pela segunda rodada do Grupo E da Copa do Mundo, o grande destaque foi o atacante da França, Karim Benzema. Autor de um gol e duas assistências, o atacante ainda perdeu um pênalti e teve um gol “roubado” no fim do jogo. O camisa 10 dos Bleus já tem 3 gols no mundial e é um dos artilheiros.

Com o resultado de 5 a 2, a França encaminhou sua classificação para as oitavas-de-final. A seleção francesa tem seis pontos em dois jogos na Copa do Mundo, na última rodada da fase de grupos encara o Equador, buscando ficar na primeira colocação do grupo E. A partida acontecerá na quarta-feira (25), no Maracanã, às 17h.

Perguntado sobre quais os sentimentos depois de uma noite quase perfeita, o jogador disse: “Estou feliz e orgulhoso. Foi um grande jogo, marcamos muitos gols, jogamos como um verdadeiro time. As respostas estavam lá no gramado, tivemos coração para vencer esse jogo”.

O camisa 10 também destacou mais uma boa atuação: “Estou com a minha cabeça 100%, mas com certeza posso fazer ainda melhor. Aproveito também o trabalho dos meus companheiros de equipe. Não sou eu, é todo mundo. Mesmo aqueles que não começaram o primeiro jogo e os que entraram no decorrer desse”.

Além disso, Benzema explicou a combinação entre ele e Oliver Giroud: “Nós fomos ganhando confiança, jogamos juntos, temos um pouco de automação. Depois disso, não é só Karim e Oliver, mas é todo um grupo que empurra o time para cima”, disse o atacante.

Questionado sobre o evidente favoritismo Francês, Benzema falou que tem objetivos, sonhos a serem realizados com a seleção francesa e que anseia por isso: “Desde o início eu sonho com isso. Eu tenho objetivos em mente. Aos poucos, vou chegar lá. Já tem um tempo em que estou convencido que há uma evolução, um avanço”, afirmou.

No fim do jogo, o jogador ainda teve um gol anulado, já que o árbitro da partida Björn Kuipers, da Holanda, acabou apitando o fim do jogo antes que Karim concluísse a jogada que resultou em bola na rede: “Eu não ouvi o árbitro apitar o fim da partida, agora já são dois gols que me tiraram”, falou o jogador sobre o gol contra Honduras em que o juiz da ocasião deu gol contra de Valladares e o desta sexta-feira onde ele fez um gol em Benaglio quer não valeu.

VAVEL Logo