Com atraso e discrição, delegação da Argentina desembarca em Porto Alegre
Maxi Rodríguez publicou em seu Twitter (@MR11ok) uma foto no momento do desembarque em Porto Alegre (Foto: Reprodução/Twitter)

Na noite desta segunda-feira (23), a seleção da Argentina chegou a Porto Alegre, onde enfrentará a Nigéria, na quarta-feira (25), às 13h, no Gigante da Beira-Rio. A chegada da equipe albiceleste estava prevista para às 20h, mas houveram problemas na viagem e o desembarque no Aeroporto Internacional Salgado Filho aconteceu apenas às 21h.

Mesmo sem passar diretamente pelo saguão do aeroporto, os atletas puderam sentir o carinho dos seus hinchas ao longo do translado até o hotel Deville, localizado na Zona Norte da capital gaúcha, próximo ao aeroporto. Cerca de 200 torcedores acompanharam o desembarque e o deslocamento da Albiceleste até as acomodações da equipe, enfrentando uma noite úmida e chuvosa.

Se Messi e companhia chegaram apenas na antevéspera do jogo, os torcedores argentinos já estão invadindo Porto Alegre. São esperados cerca de 100 mil torcedores, sendo que apenas 18 mil deles tem ingressos garantidos para o jogo. Os demais certamente estarão espalhados pela FIFA Fan Fest e pelos bares da cidade, para deixar o clima mais parecido possível com aquele que seria encontrado em Buenos Aires.

Isto provocou uma preocupação nas autoridades porto-alegrenses, que adotaram ponto facultativo no dia do jogo, para evitar maiores transtornos no trânsito, uma vez que os principais órgãos públicos estão localizados próximos ao estádio Beira-Rio.

Nesta manhã, o grupo de Alejandro Sabella fez seu último treinamento na Cidade do Galo, e deixou em aberto a possibilidade de poupar o lateral-esquerdo Rojo, pendurado com cartão amarelo. Não perdendo, a Argentina termina sua participação como campeã do Grupo F, podendo enfrentar Suíça, Equador, ou em uma possibilidade mais remota, Honduras, nas oitavas-de-final.

No início da tarde dessa terça (24), a seleção argentina fará o reconhecimento do gramado do Beira-Rio, quando poderá ser conhecida a equipe que iniciará o duelo contra os nigerianos, única seleção deste Mundial que ainda não sofreu gols. O trio de arbitragem foi conhecido nesta segunda, formado pelos italianos Nicola Rizzoli, Renato Faverani e Andrea Stefani.

VAVEL Logo