Confiante, Pirlo admite que derrota para o Uruguai seria uma grande decepção

O jogo desta terça-feira (24) entre Itália e Uruguai promete ser de fortes emoções. Tudo isso porque quem vencer a partida estará classificado às oitavas de final da Copa do Mundo 2014, e o que perder, estará fora. Em meio à tenta ansiedade de ambos os lados, o meio-campista da Itália, Andrea Pirlo, declarou em entrevista coletiva nesta segunda-feira (23) que espera não ver a Squadra Azzurra fora da fase de mata-mata.

Se estou preocupado? Não. Estamos conscientes de que o jogo de amanhã é decisivo, mas também estamos conscientes de que somos uma equipe forte com o destino em nossas próprias mãos”, disse o regista italiano.

Após uma vitória empolgante contra a Inglaterra, a Itália jogou mal e foi derrotada pela Costa Rica, perdendo, assim, a chance de chegar mais tranquila para o jogo contra o Uruguai, na última rodada do Grupo D. Com um saldo de gols melhor, os italianos jogam pelo empate, enquanto só a vitória interessa aos uruguaios. Para Pirlo, uma eliminação logo na fase de grupos seria uma decepção para a equipe.

Seria uma grande decepção para mim e para toda a equipe sair agora, mas é algo que tentamos nem pensar. Estamos dando tudo e nos preparando para que isso não aconteça. Esperamos ver uma Itália diferente – não a mesma que vimos contra Inglaterra e Costa Rica. Esperamos impor nosso jogo e vencer. Ninguém joga pelo empate. Não vamos fazer isso”, explicou.

O clima é um problema para os europeus, sobretudo para italianos. Não à toa que o treinador Cesare Prandelli reclamou bastantes nos dois últimos jogos da Azzurra por não haver a parada técnica para os jogadores se reidratarem. O jogador da Juventus comentou sobre o caso, e minimizou o assunto.

Não podemos usar isso como desculpa. Parar por um minuto para beber água não muda o jogo. O calor em Recife está sendo um problema para cada equipe que joga nesse horário [13h]”, encerrou Pirlo, se referindo ao horário da partida, em Natal, no estádio Arena das Dunas.

VAVEL Logo