Meia Feghouli dedica classificação histórica da Argélia a muçulmanos

A seleção da Argélia fez historia ao empatar em 1 a 1 contra a Rússia, na Arena da Baixada, no Paraná, nesta quinta-feira (26). O resultado, válido pela terceira rodada da Copa do Mundo, classificou a seleção africana em segundo lugar do grupo H, confirmando sua vaga para as oitavas de final da competição. A Bélgica foi a primeira colocada do grupo.

Um dos destaques da Argélia nessa Copa do Mundo, o meia do Valência Sofiane Feghouli ofereceu a vaga para todos os mulçumanos que torciam pelo sucesso das Raposas do Deserto.

Há três anos entrei na seleção e meu objetivo era fazer história. Conseguimos. Passamos para as oitavas de final. É um orgulho! Uma homenagem e todos os argelinos, árabes e muçulmanos”, exaltou o camisa 10 argelino.

O jogador de 24 anos enalteceu a capacidade do grupo argelino e comemorou o auxílio de sua torcida, que se não compareceu em grande número, vibrou durante todos os minutos da partida na Arena da Baixada.

A força dessa seleção é incrível. Temos os fãs que estão aí ajudando muito, estamos orgulhosos, tivemos muita garra e passamos para as oitavas de final”, completou Feghouli.

Agora, Feghouli, Slimani, Brahimi e todo o elenco argelino contarão com o forte apoio de sua torcida para superar a tricampeã Alemanha nas oitavas de final da Copa do Mundo. A partida acontece na próxima segunda-feira (30), às 17h, no estádio do Beira-Rio.

VAVEL Logo