Após ser eliminado pela Colômbia, Cavani diz: “Voltamos para casa de cabeças erguidas”

O atacante Edinson Cavani afirmou após a derrota do Uruguai para a Colômbia por 2 a 0, que culminou na eliminação da Celeste da Copa do Mundo 2014, que os jogadores uruguaios deixarão o Brasil de cabeça erguidas, pois fizeram tudo que podiam. A Seleção Uruguaia não fez um bom jogo neste sábado (28) e viu o meia-atacante James Rodríguez marcar dois gols e decretar a eliminação uruguaia do Mundial.

Não é que nós não jogamos bem. Foi apenas um desempenho diferente dos jogos contra a Inglaterra e Itália”, disse o atacante do Paris Saint-Germain à Sky Sports Italia, fazendo referência às duas partidas na fase de grupos, contra Inglaterra e Itália, que o Uruguai venceu e conseguiu a classificação para as oitavas de final.

Essa equipe deu o máximo e, quando chegamos ao vestiário depois da derrota, ficamos um olhando no olho do outro, porque somos um grupo muito unido. Vamos para a casa, mas de cabeça erguida”, completou Cavani.

Em seguida, o atacante lamentou a suspensão de seu companheiro de ataque, Luis Suárez, e disse que a punição da Fifa foi muito severa. Suárez recebeu uma suspensão de quatro meses por haver mordido o ombro esquerdo do zagueiro italiano Giorgio Chiellini, na última partida da fase de grupos em que o Uruguai venceu a Itália por 1 a 0 e acabou ficando com a segunda vaga do Grupo D.

Perder Suárez foi um verdadeiro golpe para nós, mas não podemos fazer nada contra a prova [se referindo às imagens do uruguaio mordendo o zagueiro]. Eu acho que a punição para ele foi muito pesada, tanto para sua carreira quanto para o elenco”, finalizou.

VAVEL Logo