Lahm fala sobre missão como capitão e espera sair com o resultado em tempo normal
Lahm falou com a imprensa nesta tarde (Foto: Divulgação / Fifa)

Em entrevista coletiva na tarde deste domingo (29) o capitão da seleção alemã, Phillip Lahm falou sobre a postura do time em relação ao jogo das oitavas de final e mostrou sua vontade em resolver o jogo no tempo normal, mesmo estando mostrando um pouco de irregularidade na primeira fase da Copa do Mundo.

O polivalente jogador da Alemanha está atualmente como volante na equipe de Joachim Löw e mesmo sem ter boas atuações o capitão explicou que a regularidade da equipe está vindo jogo a jogo e isso será mostrado nas oitavas de final contra a Argélia.

"Nós jogamos futebol e vivemos de altos e baixos. Como capitão, tenho que manter o time unido e melhorando jogo a jogo. Queremos entrar nas quartas, e amanhã temos o primeiro jogo do mata-mata. Ou nós vamos atrás do resultado ou vamos para casa. A Argélia vai buscar a vitória, quer mostrar que merece chegar às oitavas. Vamos ter de nos concentrar totalmente", afirmou o volante.

Sobre a busca da classificação para as quartas de final, Lahm declara que o objetivo do time é resolver o jogo nos 90 minutos, para que o físico dos jogadores não seja tão desgastado. O capitão ainda deu o exemplo dos outros jogos das oitavas para explicar a situação do jogo desta segunda-feira (30).

"Não queremos ter os problemas que outros tiveram, como prorrogação e pênaltis. Mas o jogo nao será fácil. O Brasil teve dificuldades com o Chile, teve que ir para prorrogação e pênaltis, Holanda teve problemas com México. Agora são oitavas de final, se perder você está fora, então não queremos ter os problemas que os outros tiveram. Tentaremos ganhar nos 90 minutos.", declarou Lahm.

O capitão confessou que não conhece muito seus próximos adversários e após a classificação, todo o time se juntou e viram vídeos para conhecer a equipe argelina. Além de elogiar a Argélia, Lahm se mostrou firme em relação ao time da Alemanha e usa o jogo contra os Estados Unidos como exemplo para a próxima fase.

"Estudamos muito o nosso adversário, assistismos a vídeos: se defendem juntos, não querem perder uma disputa, chegam forte, não é um time agradável para se jogar contra. A Argelia ja mostrou porque chegou às oitavas. Jogam muito forte fisicamente. Temos que atacar e defender de forma agressiva, assim como fomos contra os Estados Unidos. Temos vários jogadores com capacidade de jogar em várias posições e isso pode nos ajudar, mas temos que mostrar a nossa força dentro de campo. Os dois times vão buscar a posse de bola e a velocidade. O ideal é controlar o jogo." , foram as palavras do jogador da Alemanha.

O confronto entre Alemanha e Argélia acontece na tarde desta segunda-feira (30) no Beira Rio, em Porto Alegre às 17h (de Brasília). O vencedor do confronto se garante nas quartas de final da Copa do Mundo no Brasil.

VAVEL Logo