Matuidi enaltece união da seleção com a torcida: “É a vitória de uma nação, de um povo”

Um dos destaques da campanha da França na Copa do Mundo, o volante Blaise Matuidi jogou bem mais uma vez e contribuiu bastante para a classificação dos Bleus para as quartas de final do Mundial da Fifa. Na vitória de 2 a 0 frente a Nigéria, o atleta do Paris Saint Germain acertou 81% dos passes tentados, driblou sete vezes, roubou a bola do adversário em mais duas oportunidades, mas acabou levando um cartão amarelo, o que pode lhe complicar nas próximas partidas.

A França encara a Alemanha para saber quem fica entre as quatro melhores equipes. O jogo acontecerá no Maracanã, na sexta-feira (04), às 13h. Matuidi expressou sua felicidade depois da classificação e assegurou que não teve medo de um possível cartão vermelho após uma disputa com Onazi, no segundo tempo.

Em coletiva, Blaise Matuidi comentou da sensação de chegar às quartas de final da Copa do Mundo e sobre a dificuldade de enfrentar os nigerianos.

Sinto muita alegria, felicidades. O que fazemos desde o inicio da competição é muito grande. Não foi um jogo fácil, tendo em vista a partida, a vitória foi merecida. Houve muitas chances, mas o grande Enyeama esteve presente, felizmente acabamos marcando”, disse o camisa 14.

O volante francês se envolveu em uma polêmica divivida de boa com Onazi. Sobre o medo de ser expulso, Matuidi foi breve e disse que não teve intensão de machuca-lo.

Eu não fui para machuca-lo, o árbitro foi bem no que marcou. Nós visamos a bola e eu toquei o seu pé. Eu fui pedir desculpas, porque eu não sou um vilão. Infelizmente, ele saiu por lesão, espero que não seja nada sério.

Para encerrar, o camisa 14 ainda falou das pretensões francesas no restante da Copa do Mundo: “Vamos ter calma, nos acalmar. Primeiro saborear. Hoje, fizemos muitas pessoas felizes, mesmo que fosse difícil para o coração. É a vitória de uma nação, de um povo. O que percebemos já é algo grande. Esperamos ir além”, relatou o jogador.

Além disso, na saída de campo, Matuidi valou do seu companheiro Paul Pogba, autor do gol que abriu o placar e encaminhou a classificação: “Paul Pogba é a marca de um grande talento, ele tem um grande futuro, ele mostrou a sua resposta [em relação as críticas], eu espero que ele vai continuar jogando bem, porque precisamos deste talento”, falou o volante ao repórter da TV francesa.

VAVEL Logo