Após punir o diretor da CBF, atacante Fred corre risco de ser suspenso pela Fifa
Fifa estuda punir o atacante por iniciar confusão no intervalo da partida contra o Chile (Foto: Gaspar Nóbrega/VIPCOMM)

Depois de anunciar a punição de um jogo ao diretor de comunicação da CBF, Rodrigo Paiva, expulso por um suposto soco no atacante do Chile, Maurício Pinilla, a Fifa investiga o vídeo em que o camisa 9 da Seleção Brasileira, Fred, da um tapa no rosto do zagueiro chileno, Medel.

LEIA MAIS: Diretor da Seleção, Rodrigo Paiva é suspenso por um jogo após agredir jogador chileno

No entanto, a entidade mantém sigilo sobre o caso e afirmou apenas que está analisando as imagens. Vale lembrar que nesta Copa, o atacante Luiz Suárez já foi suspenso - nove jogos e quatro meses afastado do futebol, e com isso, a Fifa se vê pressionada.

"Só foi aberto procedimento contra o Rodrigo Paiva, mas o Comitê Disciplinar está analisando todas as evidências sobre todo o caso. Por enquanto, é só o que se pode falar a respeito", afirmou Delia Fischer, chefe de comunicação da Fifa.

Ontem, a mesma Delia Fischer anunciou que a punição ao diretor de comunicação da CBF, Rodrigo Paiva, pode mudar, pois o Comitê Disciplinar está analisando as imagens da confusão. Segundo a chefe de comunicação da Fifa, outros também podem ser punidos.

"O Comitê Disciplinar ainda está analisando. Essa suspensão tem a ver com a expulsão durante o jogo. Sobre outros membros, não podemos fazer comentários ainda, os procedimentos ainda estão em andamento. Rodrigo Paiva e a CBF têm até esta terça-feira (1), às 19h, para enviar o posicionamento deles", disse Delia Fischer.

Na segunda-feira, após o anuncio da suspensão, Paiva explicou o que aconteceu: "Foi uma confusão generalizada, que começou com uma discussão de um chileno com o Fred ainda no gramado. Depois no corredor foi generalizado. O Pinilla, não sei por que, veio pra cima de mim, e me empurrou", explicou. A CBF e Rodrigo Paiva têm até 19h desta terça para apresentarem a defesa.

Suposto tapa de Fred em Medel teria sido o pivô da confusão (Foto: Reprodução SporTV)
VAVEL Logo