Terceiro goleiro da Colômbia exalta ‘trabalho individual’ de Pekerman com jogadores

O terceiro goleiro da Seleção Colombiana, Camilo Vargas, participou de entrevista coletiva realizada nesta terça-feira (1), em Cotia, São Paulo, e comentou a preparação dos Cafeteros para o jogo contra a Seleção Brasileira, pelas quartas de final da Copa do Mundo 2014. Para Vargas, o ‘trabalho individual’ que o treinador José Pekerman realiza com os jogadores está sendo fundamental, visto que os colombianos não empataram e nem perderam nem uma partida neste Mundial.

Certamente, todos nós sabemos a importância que ele [Pekerman] teve nesses quatro jogos que conquistamos a vitória. Acho que o motivo para conquistarmos essas vitórias deve-se a compreensão dele com as características do nosso futebol, já que todos que passam por essa seleção sempre sabem colocar o coletivo acima do pessoal”, disse Vargas aos jornalistas.

Em seguida, o goleiro do Santa Fe ressaltou a importância de pensar jogo a jogo, mas afirmou que a equipe ainda não está consolidada. “Nós sempre priorizamos o passo a passo. Temos trabalhado muito jogo a jogo, mas ainda estamos em processo. Espero que possamos avançar de fase para pensar no próximo passo a ser dado”, explicou.

Vargas e o atacante Carlos Bacca são os únicos jogadores da equipe liderada por Pekerman que ainda não entraram em campo. Questionado sobre o assunto, Vargas desconversou a afirmou que todos os jogadores do elenco pensam coletivamente, e não pessoalmente. Além disso, o goleiro exaltou o momento de David Ospina, goleiro titular da Colômbia, na Copa.

Todos os jogadores têm a vontade de atuar nesta seleção, mas nós sempre colocamos o objetivo coletivo acima do pessoal. Sabemos que Ospinaestá vivendo um momento fantástico [na Copa] e espero que continue assim. Estou feliz com o desempenho de Ospina, primeiro pelo grande homem que ele é; segundo pelo jogador importante que ele é para a Colômbia”, contou.

Vargas também analisou o jogo contra o Brasil e aproveitou para afirmar que o mundo vai conferir um duelo de dois grandes jogadores: James Rodríguez contra Neymar.

Definidamente, são duas equipes que vêm jogando bem, duas seleções que chegaram com grandes aspirações no torneio. As duas equipes sempre buscam o gol e o ‘mano a mano’ com os jogadores mais rápidos. James Rodríguez contra Neymar? Vamos apreciar dois grandes jogadores que estão em um nível mais elevado”, finalizou.

Com a vitória por 2 a 0 sobre o Uruguai, no último domingo (29), a Seleção Colombiana enfrenta a Seleção Brasileira na próxima sexta-feira (4), às 17h (de Brasília), na Arena Castelão, em Fortaleza, pelas quartas de final da Copa do Mundo.

VAVEL Logo