Zagueiro da Colômbia garante: “Neymar é a referência do Brasil, mas não pensamos somente nele”

O zagueiro da Colômbia, Carlos Valdés, participou de entrevista coletiva em Cotia, São Paulo, na tarde desta terça-feira (1), e comentou sobre alguns assuntos, entre eles o duelo entre Brasil e Colômbia, pelas quartas de final da Copa do Mundo 2014.

Para o jogador, o grande destaque do time brasileiro é o atacante Neymar, artilheiro do Brasil na competição com quatro gols, porém ressalta que a seleção canarinho tem um time de muita qualidade.

Neymar é um grande jogador referência do Brasil, mas não pensamos somente nele. Temos que pensar no Brasil como equipe, e só em Neymar”, declarou o defensor do San Lorenzo, da Argentina.

Assim com vez com o craque brasileiro, Valdés exaltou a qualidade de James Rodríguez, artilheiro do torneio com cinco gols em quatro partidas disputas. “Neymar é grande jogador, importante para o Brasil, mas James Rodríguez é o mesmo para nós. Oferece muito à equipe. Eles são os jogadores que sempre dão espetáculo em campo”, disse o zagueiro colombiano.

Em seguida, Valdés também comentou sobre o confronto contra o Brasil, afirmando que os dias prévios não são muitos diferentes aos de outras partidas. “Cada vez que encaramos um jogo e enfrentamos uma equipe, não mudamos nada [na preparação]. Não vai ser assim agora, embora estejamos concentrados nos detalhes para buscar a vitória”, garantiu o zagueiro.

Além disso, o zagueiro revelou conhecer a Seleção Brasileira e fez uma pequena analise sobre o time liderado por Luiz Felipe Scolari. “O Brasil, por tradição, gosta ter a bola para tirar proveito do espaço, o que não é muito forte, levando a bola para e chegando à área com o jogo aéreo ofensivo. Mas nossos jogadores têm a capacidade de adaptar às cirustâncias do jogo e é aí que temos que estar bem atentos e concentrados”, explicou.

Finalizando, o atleta enalteceu a importância da campanha que os Cafeteros no Mundial, visto que esta é única geração que conseguiu chegar às quartas de final. “Esta geração de jogadores está mostrando outro tipo de futebol colombiano. Diferente do que se viu em outros Mundiais. Sobretudo, há grande união e harmonia, e isso nos levará muito longe”, encerrou Valdés.

VAVEL Logo