Sneijder defende Holanda sobre críticas: "Precisamos ser realistas"

A Holanda venceu as três primeiras partidas da fase de grupos da Copa do Mundo, tem cem por cento de aproveitamento na competição, mas bastou uma vitória sofrida contra o México nas oitavas de final, para a desconfiança de seus torcedores sobre Van Gaal voltarem.

Sneijder criticou os torcedores que querem ver a Holanda jogando bem e afirmou que o importante é ganhar, e não convencer.

"Por que nós deveríamos exagerar para que sejamos elogiados por jogar bom futebol e tentar demais? Você preferiria que estivéssemos em um avião voltando para casa? Eu prefiro escolher a melhor opção", ressaltou Sneijder.

O meio-campista saiu em defesa do estilo defensivo que Van Gaal impõe na Holanda. Segundo Sneijder, eles precisam ser realistas, admitindo que o meio-campo holandês não é bom em segurar a posse de bola.

"Se escutarmos todos aqueles que dizem que precisamos ser o time que tem 70% da posse de bola, então, é melhor fazermos as malas e irmos para casa. Precisamos ser realistas. Não temos um meio de campo para segurar a posse de bola tanto", disse o meio-campista.

O camisa 10 lembrou que em 2010, a Holanda não jogava um bom futebol, e mesmo assim chegou à final da competição, onde acabou sendo derrotada pela Espanha.

"Quatro anos atrás, deixamos de vencer a Copa e, falando honestamente, não jogamos tão bem também. Se nos tornarmos campeões mundiais, e acreditamos que podemos, ninguém vai falar que jogamos feio. Na Eurocopa de 2008 jogamos grandes partidas contra a Itália e a França, mas tentamos o mesmo contra a Rússia e fomos para casa", lembrou.

A Holanda enfrenta a Costa Rica neste sábado (5), às 17h, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

VAVEL Logo