Courtois lamenta a eliminação, mas diz que Bélgica está feliz com campanha da Copa

O goleiro da Bélgica, Thibaut Courtois, lamentou a eliminação da sua seleção da Copa do Mundo de 2014, na tarde deste sábado. Na derrota para a Argentina por 1 a 0, em Brasília, Higuaín marcou o gol dos hermanos. Mesmo com a desclassificação, o arqueiro disse que espera uma equipe mais madura na Eurocopa de 2016, na França, e na Copa do Mundo de 2018, que será realizada na Rússia -- e se disse satisfeito com a campanha.

''Argentina começou muito bem, depois a gente conseguiu dominar melhor o jogo. Mas eles se defenderam muito bem. Quando a gente tem muito espaço, conseguimos fazer mais. Só que os zagueiros deles são muito bons. Depois a gente tentou com passes mais longos, mas não conseguimos chegar ao empate no final. Porém, estamos felizes com as nossas apresentações na Copa e com o lugar que alcançamos'', afirmou.

Um dos destaques do Atlético de Madrid na temporada de 2013/2014 e da seleção da Bélgica, nesta Copa do Mundo, o goleiro analisou a partida que marcou a eliminação dos belgas. Apesar de não ter conseguido defender o chute do atacante argentino, que abriu o placar da partida, Courtois conseguiu, pela sétima vez, para um dos melhores jogadores do mundo, Lionel Messi. 

"Conheço ele (Messi) do Campeonato Espanhol e eu sabia que tinha que agir rapidamente porque tinham vários zagueiros da minha equipe correndo atrás dele e eu tentei chegar para fazer o melhor possível. Funcionou, eu fiquei feliz, mas ainda estávamos perdendo o jogo. Foi uma pena, mas devemos ficar felizes com nossa participação na Copa", disse.

Courtois também falou sobre a fratura na terceira vértebra lombar sofrida pelo atacante brasileiro, Neymar. O goleiro comentou que, quando viu o camisa 10 do Brasil saindo de maca do gramado do Castelão, era um indício que a lesão era grave. 

"Eu vi ontem o que aconteceu e, naquele momento, eu já sabia que não era bom. Porque quando você leva uma pancada dessas nas costas, realmente você pode se lesionar e o Neymar, quando ele recebe uma pancada, geralmente ele continua no jogo. Então, quando eu vi ele saindo do campo, imaginei que seria mesmo algo mais sério. Para a Copa do Mundo e para o Brasil, não é nada bom ele estar fora, mas espero que outro jogador do Brasil possa substituir ele bem para fazer um bom jogo contra a Alemanha'', falou o camisa 1.

VAVEL Logo