Impressionado com resultado, Schürrle afirma: "O 7 a 1 nem parece verdade, foi muito maluco"
Schürrle comemora gol contra o Brasil (Foto: Divulgação/Fifa)

Ninguém esperava uma goleada tão grande no jogo Brasil e Alemanha, pela semifinal da Copa do Mundo 2014, no estádio Mineirão, em Minas Gerais, nem mesmo os próprios jogadores alemães, que deram entrevistas após a partida e se mostraram impressionados com o resultado. Um deles foi o atacante André Schürrle, que entrou no segundo tempo da partida no lugar de Klose e conseguiu marcar dois gols. 

Para Schürrle, o resultado do jogo foi maluco e o 7 a 1 nem parecia ser verdade para os jogadores alemães.

"Sem dúvidas o 7 a 1 foi muito bom para nós. Nem parece verdade, tenho que admitir. Depois do 5 a 0 no primeiro tempo, estávamos olhando no banco de reservas e não podíamos acreditar. Resultado muito maluco", disse o jogador. 

Mesmo preterido por Joachim Löw no início do jogo e começando a partida na reserva, Schürrle vê o grupo alemão como diferencial na campanha até a final da Copa do Mundo e considera que todos os jogadores podem fazer a diferença quando participam dos jogos. Mais uma vez, o camisa 9 saiu do banco e conseguiu deixar a sua marca.

"Temos 23 jogadores e todos podem fazer a diferença. Todos sabem que trabalhamos juntos por uma só meta e estamos muito próximos dessa meta. Se quisermos ser a melhor geração temos que vencer. É uma conclusão fácil", afirmou o atacante.

Esta é a segunda vez que Schürrle sai do banco para marcar gols, sendo que contra o Brasil conseguiu fazer dois tentos. Contra a Argélia, nas oitavas de finais, entrou no intervalo e conseguiu marcar na prorrogação o gol que abriu caminho para a clasificação da Alemanha naquele jogo difícil.

VAVEL Logo