Após derrota, Sabella não confirma futuro na Seleção Argentina

Neste domingo (13), a Argentina sucumbiu diante da Alemanha na prorrogação, perdendo o título da Copa do Mundo para a seleção europeia. Já na sala de imprensa, Alejandro Sabella concedeu entrevista coletiva, talvez sua última como técnico da Argentina, já que despistou sobre seu futuro. Em suas falas, agradeceu os jogadores e se mostrou orgulhoso.

Indagado sobre a substituição de Lavezzi por Agüero, no intervalo do jogo, o diretor técnico explicou: "Pocho Lavezzi fazia um ótimo jogo, mas precisávamos se mais definição. A Alemanha estava melhor fisicamente. Tivemos a chance mais clara e não marcamos. Dou os parabéns à Alemanha e aos meus jogadores."

Perguntado sobre seu futuro por dois jornalistas diferentes, Sabella fugiu das questões e respondeu: "O meu futuro, agora, é descansar com minha familia. Nos próximos dias, falarei com o grupo de jogadores e minha comissão técnica. Verei o que farei."

Sobre a falta de títulos expressivos de Messi para ser comparado à Maradona, Pachora Sabella valorizou o camisa 10 argentino e o elevou como um dos melhores futebolistas: "Para mim, há pouco tempo Messi está entre os melhores de todos os tempos, como Maradona e Pelé".

Em sua última mensagem, o treinador elogiou os seus atletas e agradeceu ao apoio recebido durante o Mundial: "Os jogadores fizeram uma Copa do Mundo sensacional. Foram guerreiros, deixaram tudo em campo pela camisa e pelos companheiros. É um orgulho" disse. "Merecem ser muito bem recebidos e, tenho certeza, que serão. Obrigado a todos". concluiu.

O ciclo Sabella pode ter um fim com ótimos números, além desse vice-campeonato. Em 41 jogos, foram 26 vitórias, 10 empates e cinco derrotas. 72% de aproveitamento, 76 gols a favor e 33 contra. As conversas de Sabella com os jogadores, comissão técnica e com a AFA (Associação de Futebol Argentino) devem ocorrer durante a próxima semana.

VAVEL Logo