Stuttgart decepciona e é eliminado da DFB-Pokal pelo Bochum

Stuttgart decepciona e é eliminado da DFB-Pokal pelo Bochum

Fora de casa, os suábios foram eliminados ainda na primeira fase pela equipe do oeste da Alemanha

tiago-silva
Tiago Silva
Bochum Luthe; Celozzi, Šimůnek, Fabian e Perthel; Tasaka (Gulden, min. 86), Latza, Losilla e Gregortisch (Zahirovic, min. 80); Šesták (Terrazzino, min. 68) e Terodde. Técnico: Peter Neururer
StuttgartUlreich; Klein, Schwaab, Rüdiger e Sakai; Romeu (Leitner, min. 67), Gentner; Harnik (Werner, min. 76), Didavi e Kostić (Maxim, min. 62); Ibišević. Técnico: Armin Veh
Placar1-0, min. 9, Terodde; 2-0, min. 48, Terrode
ÁRBITROWolfgang Stark (ALE). Cartões amarelos: Šimůnek (min. 24), Gentner (min. 43) e Romeu (min. 46)
INCIDENCIASPartida válida pela primeira fase da DFB-Poka, disputada no Rewirpower, em Bochum, na Alemanha

Nesse sábado (16), Bochum Stuttgart se enfrentaram pela primeira fase da DFB-Pokal no Rewirpower, em Bochum, no oeste da Alemanha. Realizando boa atuação, os donos da casa venceram por 2 a 0, com dois gols do atacante recém-contratado Terodde.

Com a vitória, os celestes avançaram à segunda fase do torneio e voltam a atuar na segunda-feira (25), diante do Union Berlin, pela 2. Bundesliga. Já para os visitantes vai restar apenas a Bundesliga nesta temporada, a qual tem estreia marcada para o próximo domingo (24), diante do Borussia Mönchengladbach.

Bochum marca com estreante e sai com vantagem no intervalo

A partida marcou a reestreia do treinador Armin Veh que voltou ao clube suábio depois de sete anos, quando treinou a equipe campeã na temporada 2006/2007. Além disso, foram realizadas as estreias de Florian Klein, Oriol Romeu e Filip Kostić, alguns dos reforços para a temporada.

Os donos da casa jogaram totalmente na defesa e esperaram apenas o adversário agredir para sair nos contra-ataques. E foi assim que abriram o placar antes dos primeiros dez minutos. O volante Oriol Romeu vacilou no meio campo e entregou nos pés do atacante Terodde, que não perdoou e mandou para o fundo do barbante de Ulreich.

A equipe suábia buscou a resposta imediata com Harnik, que perdeu uma boa chance. O estreante Kostic também teve ótima oportunidade ao mandar no canto do goleiro, que fez a defesa e afastou o perigo.

No entanto, os anfitriões buscaram jogar pelos lados com Sestak, que criaram as melhores chances pelo lado direito, dando muito trabalho aos defensores, mas sem muita eficiência na finalização das jogadas.

Os visitantes tentaram de qualquer maneira empatar ainda na etapa inicial e com uma possível redenção. Romeu, que falhou no primeiro gol, tentou arriscar de longe e por pouco não surpreendeu o goleiro Luthe, que se mostrou atento no lance para cortar.

Torodde volta a marcar na etapa final e garante classificação do Bochum

Na volta do intervalo, os donos da casa fizeram rapidamente o segundo gol. Sestak fez ótima jogada e deu de bandeja para Terodde, sem muitos esforços, marcar o pela segunda vez na partida.

O tento desestabilizou a equipe visitante, que pouco fez na segunda etapa, sem conseguir mandar um chute ao alvo do goleiro adversário, que pouco precisou trabalhar e apenas acompanhou a movimentação do duelo.

O comandante suábio até tentou mexer nas peças que não estavam rendendo o esperado e sentindo o peso da estreia, mas o efeito não foi imediato e o placar terminou conforme foi construído pelos mandantes ainda no início da segunda etapa.

VAVEL Logo