Joachim Löw defende Mario Gomez das críticas e minimiza derrota para a Argentina

O retorno de Mario Gomez ao time titular da seleção alemã passou longe do ideal. Sucessor de Miroslav Klose, aposentado da Nationalelf após o tetra mundial, o jogador da Fiorentina, que ficou de fora da Copa por questões físicas, teve sua primeira missão em Dusseldorf, contra a Argentina. Sem aproveitar as chances de gol e com a derrota por 4 a 2 após o apito final, o jogador foi criticado pela torcida, mas ainda assim recebeu o apoio do treinador Joachim Löw.

Löw defendeu o atacante, que vem de uma temporada atrapalhada pelas lesões e ainda não recuperou totalmente o ritmo de jogo. Mario [Gomez] ficou sete meses lesionado e jogou apenas uma partida oficial nesta temporada. Já que ele não está em sua melhor forma, não posso avaliar corretamente, como deveria, disse.

Foi interessante a forma como ele se movimentou. Ele teve suas chances no primeiro tempo e o goleiro apareceu bem. É claro que ele pareceu descontente com as chances perdidas, mas eu sei que ele pode render, destacou o treinador, deixando claro que confia no camisa 23 para a sequência do seu trabalho na Nationalelf.  

Ao ser substituído por Mario Götze, herói do tetra alemão, Gomez recebeu vaias da torcida, e isso não agradou Joachim Löw. Não é justo que um jogador da seleção alemã seja vaiado em um jogo em casa apenas porque jogou mal ou desperdiçou alguma chance de gol, comentou.

Questionado sobre o rendimento do time, o técnico foi enfático. Nós mostramos no primeiro tempo um bom jogo e condicionamento físico, depois o time piorou. Criamos boas chances e o ataque levou perigo. Eu não estou preocupado porque tivemos uma situação ou outra em que faltou experiência, mas precisamos de paciência e tempo para se ajustar. São jogadores talentosos e temos que pensar a longo prazo, se defendeu Löw.

O próximo compromisso da Alemanha é no domingo (7), em Dortmund contra a Escócia. A partida é válida pelas Eliminatórias da Eurocopa de 2016 e, ao que tudo indica, mais uma vez o time terá Mario Gomez como titular no comando de ataque.

VAVEL Logo