Lyon e Monaco duelam em busca da reabilitação na Ligue 1

Abrindo a quinta rodada da Ligue 1, nesta sexta-feira (12), o Lyon recebe o Monaco no Stade de Gerland, às 15h30. Os dois times necessitam da vitória e buscam a reabilitação na competição. Ambos estão na parte de baixo da tabela e uma derrota nesta partida pode significar a entrada na zona de rebaixamento.

O Lyon tem um começo de temporada para esquecer, em quatro partidas na Ligue 1 foram três derrotas e apenas uma vitória. Amargando a 17ª posição, com apenas três pontos. Para piorar a situação, os gones foram eliminados dos playoffs da Uefa Europa League pelo Astra Girugiu. Na última partida, a equipe foi derrotada pelo recém-promovido Metz, por 2 a 1.

Vivendo situação parecida, o Monaco tenta reestruturar sua equipe para seguir no campeonato. Após sofrer com crises financeiras de sua proprietário, o clube do principado não comprou muito na janela de transferências, por outro lado perdeu os seus dois principais jogadores: James e Falcão Garcia. O ASM está 15º, com quatro pontos e apenas uma vitória. Empatou com o Lille em 1 a 1 no último encontro.

No total de confrontos em todas as competições o Monaco leva vantagem, no total de 105 jogos os monegascos venceram 47, já os gones triunfaram em 36, além de 22 empates. Na Ligue 1, o ASM também é superior, 42 vitórias contra 32 do adversário. O último encontro entre os clubes aconteceu em março deste ano, em Lyon o Monaco bateu o Olympique por 3 a 2, com boa atuação de Berbatov.

Com desfalques e duvidas, Huber Fournier quer consistência do Lyon nos próximos jogos

O Lyon sofreu com muitos desfalques nas últimas semanas, o que refletiu nos resultados. A pausa para a data Fifa foi muito bem aproveitada, alguns jogadores machucados se recuperaram e podem entrar em campo, entre eles estão: Umtiti, Yattara, Fekir e Gourcuff. Por outro lado, o OL serviu jogadores a seleções: Koné e N’Jie, que podem ser preservados.

Sobre essa situação, o técnico Huber Fournier disse: “Durante esta pausa internacional, houve algumas discussões. Apesar da ausência daqueles que serviam as suas seleções. Esse período também nos deu a oportunidade de receber de volta alguns jogadores que sofriam com lesões.

Com relação aos próximos jogos, Fournier afirmou que é preciso ter a confiança de volta e encontrar consistência: “Espero resultados, sem colocar uma meta de pontos. Com os jogadores lesionados voltando, nem todos ainda, mas alguns, isso é bom para o moral da equipe. Precisamos encontrar mais consistência ao longo de 90 minutos.

O adversário também foi pauta na entrevista pré-jogo e o comandante falou sobre as peças ofensivas do ASM: “O time teve de se adaptar às mudanças, como nós. Monaco não é diferente sem Falcão. Não se esqueça de que o time jogou sem ele por cinco meses na última temporada. Obviamente que ele fará falta, mas eles ainda tem Berbatov e Germain.

Lacazette é a grande esperança de gols dos gones, o atacante foi quem mais chutou até agora na Ligue 1, foram 18 arremates sendo 9 no alvo. Isso resultou em três gols, sendo ele o artilheiro da equipe.

De olho na Champions, Monaco quer voltar as primeira posições na Ligue 1

Na atual temporada o Monaco vai dividir as atenções entre a Ligue 1, as Copas e a Uefa Champions League. Após o duelo com o Lyon, a equipe do principado foca todas as atenções para o Bayer Leverkusen, na primeira rodada da UCL. Mas segundo Ricardo Carvalho, o time deve pensar antes na competição domestica.

É verdade, a Liga dos Campeões está se aproximando, mas estamos totalmente focados na partida de sexta-feira contra o Lyon”, disse o zagueiro.

Após duas derrotas nas primeiras duas partidas, Carvalho ressaltou que ainda resta um longo caminho e que dá para se recuperar no campeonato: “Começamos a temporada mal. Nós sofremos um monte de gols, principalmente no segundo jogo contra o Bordeaux. Mas há um longo caminho a percorrer. Nós vamos crescer em confiança e melhorar. Esta equipe tem potencial.

O confronto é direto e irá influenciar muito na tabela após a rodada, Leonardo Jardim sabe da importância do jogo e já projeta o próximo jogo pela Ligue 1 contra o Guingamp, segundo ele todas as partidas tem a mesma importância: “A equipe que vencer vai fazer um pequeno salto na classificação, mas esse jogo não é mais importante do que a próxima partida contra o Guingamp.

Temos de nos adaptar, temos de ser ambiciosos, tendo em conta as capacidades do nosso grupo jovem e talentoso”, completou.

Depois de uma semana com suas respectivas seleções, João Moutinho, Dirar e Carrasco se reintegraram ao elenco do Monaco. Os jogadores treinaram nos últimos dias e estarão a disposição do treinador.

VAVEL Logo