Em jogo de nove gols, Milan vence Parma com show de Ménez

Neste domingo (14), Milan e Parma protagonizaram o jogo mais emocionante da segunda rodada da Serie A. O time rossonero foi até o estádio Ennio Tardini, em Emilia-Romagna (ITA), e venceu por 5 a 4. O principal destaque da partida foi o atacante Jérémy Ménez, que marcou dois gols e realizou uma partida memorável.

Vindo de vitória uma contundente sobre a Lazio na abertura da Serie A, o Milan precisava dos três pontos para retomar a liderança da competição da Juventus, que bateu a Udinese no sábado (13). O Chievo, por sua vez, buscava se reabilitar na competição, já que perdeu para o Cesena.

Com a vitória, os comandados de Filippo Inzaghi mantêm os 100% de aproveitamento, passam a Juventus e retornam à liderança da competição com seis pontos. Já o Chievo segue com zero pontos. No próximo sábado (20) o Milan recebe a Juventus no estádio San Siro, em Milão, às 15h45 (de Brasília), Já o Parma vai até Verona enfrentar o Chievo, no próximo domingo (21), às 07h30 (de Brasília).

Bonaventura marca e Milan domina o primeiro tempo

Todos os torcedores que foram ao Ennio Tardini neste domingo (14) esperavam ver a principal contratação do Milan para esta temporada, o atacante Fernando Torres, fazer sua estreia com a maglia rossonera. Porém foi confirmado antes da partida que ‘El Niño’ sofreu uma lesão no tornozelo esquerdo durante o treino de sábado (13) e ficaria de fora da partida. Em seu lugar entrou o meia-atacante Giacomo Bonaventura, contratado junto à Atalanta no último dia da janela de transferências, fazendo o papel de falso 9.

O Milan levou perigo logo no começo da partida. Aos 3 minutos, Ménez protegeu a bola na linha de fundo, avançou para a grande área e escorou para De Sciglio, que pegou firme de primeira, mas a bola subiu muito e foi para a fora.

Empurrado por sua torcida, o Parma respondeu dois minutos depois com Belfodil, que quase marcou não fosse o goleiro Diego López para intervir e mandar para escanteio.

À medida que o Milan dominava a posse de bola e apostava nos lançamentos longos de De Jong para fazer a transição com o tridente ofensivo, Ménez, Bonaventura e Honda, o Parma seguia aplicado taticamente e esperava em seu campo defensivo.

Mais eficiente e sólida na partida, o Diavolo abriu o marcador com o estreante Bonaventura. De Jong levou pela ponta direita e passou para Honda, que tocou na área para o camisa 28 aplicar um belo drible em seu marcador e tocar no contra pé do goleiro Mirante.

Não deu tempo para a torcida do Milan comemorar a vantagem no placar. Dois minutos depois do gol de Bonaventura, o Parma reagiu imediatamente com o artilheiro Cassano, que recebeu cruzamento de Jorquera, ganhou no alto de De Sciglio e testou no canto esquerdo de Diego López para empatar a partida.

Após os dois gols, a partida esfriou e os ambos os times começaram a se estudar. Aos 37 minutos, entretanto, os comandados de Inzaghi usaram muito bem o entrosamento para recolocar o Milan à frente do marcador. Ménez forneceu um lindo passe por cima da defesa gialloblù para o lateral Abate, que cruzou na medida para o japonês Honda chegar como uma flecha na área e cabecear firme. Um gol muito bem trabalhado.

Aproximando o fim do primeiro tempo, o Milan marcou o terceiro tento com o francês Ménez. O atacante foi derrubado na grande área por Lucarelli e o árbitro assinalou pênalti. O próprio Ménez foi para a bola e converteu o penal, levando assim o rossonero para o intervalo com uma boa vantagem no placar.

Milan leva susto, mas Ménez e De Jong brilham e garantem os três pontos para o rossonero

O segundo tempo começou a todo vapor. Logo aos 50 minutos o brasileiro Felipe diminuiu para os gialloblù. Após cobrança de escanteio de Cassano, a bola sobrou para Jorquera finalizar de primeira, porém Felipe desviou a trajetória da bola e surpreendeu Diego López.

O momento era do Parma, que fazia pressão e estava melhor na partida. Porém quem quase marcou foi o Milan. Abate armou contra-ataque, tabelou com Honda e finalizou forte no canto de Mirante; o goleiro agiu rápido e espalmou para a linha de fundo.

O panorama da partida mudou totalmente quando o zagueiro e capitão Bonera levou o segundo cartão amarelo por colocar a mão na bola e acabou sendo expulso. Minutos depois, no entanto, todo o planejamento do treinador Roberto Donadoni foi por água a baixo quando De Jong roubou a bola de Cassano no meio-campo, arrancou em velocidade e finalizou com categoria no canto de Mirante, marcando assim o quarto gol do Milan.

O jogo estava longe de terminar, e o zagueiro e capitão do Parma, Lucarelli, tratou de diminuir a vantagem rossonera. Após cobrança de escanteio de Cassano, o defensor subiu no terceiro andar para marcar o terceiro gol dos gialloblù. E mais emoções estariam por vir.

O Parma cresceu na partida, mas perdeu o zagueiro Felipe expulso depois de entrada ríspida em Ménez. Na cobrança da falta, De Jong lançou para Ménez, que dividiu com o marcador, deu uma meia lua no goleiro Mirante e tocou de calcanhar para as redes, marcando um dos gols mais espetaculares da rodada.

Nos acréscimos, houve tempo para o Parma diminuir com um gol contra de De Sciglio. Fim de jogo de um duelo emocionante.

Veja, na íntegra, os gols da partida:

VAVEL Logo