Guardiola admite preocupação com excesso de jogos do Bayern

Antes da partida com o líder e sensação da Bundesliga, o recém-promovido Paderborn, nesta terça-feira (23), o técnico Pep Guardiola se mostrou bastante preocupado.

Estamos matando os jogadores, é jogo demais e descanso de menos. Eles precisam de tempo para respirar. Isto não vale apenas para o Bayern, mas também para o Dortmund e o Leverkusen. O Hamburgo teve uma semana para se preparar contra a gente. Nós tivemos apenas um dia. Estamos exigindo demais dos nossos atletas”, declarou o espanhol.

Considerando a intensa programação das próximas semanas e, também, as consequências da Copa do Mundo no estado físico dos atletas, o treinador não tem dúvida de que continuará fazendo o rodízio dos jogadores. “É impossível que a cada três dias jogue a mesma equipe”, justificou.

Foi por esta razão que o técnico catalão começou a partida contra do último sábado (20), contra o Hamburgo com Shaqiri, Hojbjerg e Pizarro como titulares, para poupar Lewandowski, Götze, Xabi Alonso e Benatia.

A ideia de Guardiola era começar o jogo contra o Hamburgo com jogadores mais descansados para, nos últimos 30 minutos, fazer com que entrem Lewandowski, Götze e Alonso. “Fiz isto muitas vezes no Barcelona e funcionou”, explicou o comandante.

Sobre a escalação do time contra o Paderborn, Guardiola deu poucas pistas. “Só sei que com certeza Ribery, Schweinsteiger, Martinez, Thiago e Badstuber não jogarão. Quanto a Robben, vamos aguardar”, finalizou.

VAVEL Logo