Após vitória sobre o Crystal Palace, Mourinho destaca qualidade e espírito do grupo
(Foto: Divulgação/Chelsea FC)

O treinador português José Mourinho concedeu entrevista ao site oficial do Chelsea logo após o término da partida contra o Crystal Palace, Mourinho demonstrou estar bastante satisfeito com a atuação da equipe, principalmente após a expulsão de Azpilicueta, o treinador também fez muitos elogios a Oscar, que marcou um belo gol de falta abrindo o caminho para a vitória.

“A forma em que impomos o nosso jogo é o que mais me agrada,” ele explicou. “Ontem eu disse que eles são melhores do que nós na maneira de jogar o jogo deles. Se você vem aqui e não impõe o seu jogo você não tem chance. A única chance é impondo o seu jogo, e do primeiro ao último minuto nós impomos o nosso: nós tivemos a bola, nós estávamos com o controle, nós estávamos bem longe de nossa área, nós passamos a bola muito bem e jogamos entre as linhas" - declarou.

Quando questionado sobre como a equipe se portou após a expulsão de Azpilicueta o treinador respondeu: “Eu realmente acho que jogamos muito bem. 10 contra 10 é mais fácil do que 11 contra 11. Não é a mesma coisa. No intervalo nós falamos sobre as diferenças. A ‘interpretação de 10 contra 10′ dos meus jogadores foi magnífica. O jeito que Matic, Fabregas e Oscar se movimentaram para se beneficiar com isso foi fantástica. A única coisa boa que não fizemos foi não marcar o terceiro gol e matar o jogo, e demos a chance ao Palace.”

O treinador não perdeu a oportunidade e rasgou elogios ao meia Oscar: “Ele jogou fantasticamente contra o Arsenal e hoje novamente. Ele é o número 10 que joga com a bola nos pés. Ele é o camisa 10 que olha para trás e para os lados. Ele analisa o jogo e vê onde o time precisa dele. Ele cria o equilíbrio. Ele e Matic controlaram o jogo completamente para nós. Oscar teve uma evolução mental e tática que lhe torna um jogador fantástico. Ele pode melhorar fisicamente? É claro, mas as pessoas esquecem que ele ainda é muito jovem. Há grandes condições para que ele continue melhorando.” - concluiu.

Quando perguntado sobre a entrada de Drogba já no fim da partida, Mourinho respondeu dizendo que a entrada do marfinense e ídolo dos Blues serviu como forma de louvá-lo, já que o mesmo não treinava havia 2 semanas por conta de uma contusão e concluiu dizendo que o jogador foi muito útil com sua experiência naquele momento, já que o Crystal Palace havia acabado de marcar um gol.

Mourinho ainda comentou sobre as reais pretensões da equipe londrina para este ano: “Se estivéssemos em outra Liga eu diria imediatamente que sim, mas na Premier League a única coisa que posso dizer é que podemos vencê-la. Na Premier League é difícil dizer que vamos vencê-la. Há um longo caminho pela frente e a muitos jogos difíceis a nossa frente, então eu não posso dizer isso. O que eu posso dizer é que somos uma equipe melhor do que na última temporada, há uma clara evolução em nossa equipe e não somente baseado no fato de que compramos jogadores fantásticos. Mas para ganhar o título? Há um caminho longo a se percorrer.” - concluiu

A próxima partida do Chelsea é na terça-feira contra o Maribor em Stamford Bridge, o treinador afirmou que não pretende mudar a equipe, mas que tem quase certeza de que contará com as voltas de Ramires e Schurrle, mas ainda ficará sem Diego Costa, mas não garantiu a escalação.

VAVEL Logo