Guiné elimina Mali no sorteio e enfrentará Gana nas quartas de final da Copa Africana

Após ficarem empatadas em todos os critérios de desempate na fase de grupos da Copa Africana de Nações de 2015, Guiné e Mali tiveram seus destinos na competição continental definidos em uma forma pouco usual: o sorteio.

Com três pontos somados, empate em 1 a 1 no confronto direto, saldo de gols zerado, três tentos anotados e três gols sofridos, Elefantes e Águias ficaram impossibilitados de conhecer seu futuro no certame já na última quarta-feira (28). O regulamento prevê que em caso de empate no número de pontos, no confronto direto, no saldo de gols e nos gols pró, recorre-se ao sorteio.

Cinco dos seis jogos do Grupo D terminaram empatados. Única seleção a sair vitoriosa na chave, a Costa do Marfim ficou com a liderança e terá pela frente a Argélia, vice-líder do Grupo C. Camarões, vítima dos marfinenses na última rodada, segurou a lanterna e deu adeus à CAN.

A definição do dono da segunda vaga da chave ao mata-mata ocorreu nesta quinta-feira (29), em Malabo, na Guiné Equatorial, país-sede do torneio. E a sorte ficou do lado dos guineenses.

Os jogadores mais conhecidos da Syli Nationale são o zagueiro Florentin Pogba, do Saint-Étienne - e irmão mais velho de Paul Pogba, astro da Juventus -, o lateral-direito Baissama Sankoh, do Guingamp, o volante Boubacar Fofana, do Marítimo, o meia Ibrahima Conté, do Anderlecht, o meia-atacante Ibrahima Traoré, do Borussia Mönchengladbach, e o atacante Mohamed Yattara, do Lyon.

Agora, a seleção da Guiné iniciará os preparativos para as quartas de final. Nesta fase, terá como adversário o selecionado de Gana, líder do Grupo C. A partida ocorrerá no próximo domingo (1º), no Novo Estádio de Malabo, às 14h de Brasília. As equipes se reencontram após as Eliminatórias para a Copa Africana, nas quais estiveram no mesmo grupo. Nos dois embates, um empate (1 a 1) e uma vitória dos ganenses (3 a 1).

VAVEL Logo