Heerenveen domina e goleia Zwolle pela Eredivisie
Foto: Divulgação/heerenveen.nl

Heerenveen domina e goleia Zwolle pela Eredivisie

Frísios vencem duelo dentro de casa por 4 a 0; ambas as equipes agora se preparam para seus respectivos clássicos regionais

ricardo-machado
Ricardo Machado
HeerenveenNordfeldt; van Anholt (Schimidt, min. 46), van Aken, Otigba, Marzo; Thern, van den Berg, de Room; Larsson (Veerman, min. 84), Slagveer (Duarte, min. 75), Uth.
ZwolleHahn; van Polen (Broerse, min. 46), van der Werff, Lam, van Hintum; Rienstra (Becker, min. 46) Brama, Drost; Lukoki, Thomas, Nijland (Ferfelis, min. 65).
Placar1-0, min. 3, Slagveer. 2-0, min. 9, Larsson. 3-0, min. 42, Uth (CP). 4-0, min. 85, Veerman.
ÁRBITROTom van Sichem (HOL). Cartão amarelo: Lukoki (min. 41).
INCIDENCIASJogo válido pela 22ª rodada da Eredivisie, realizado no estádio Abe Lenstra, em Heerenveen, Holanda. Público: 25.145 pessoas.

Numa partida atípica, o Zwolle acabou goleado pelo Heerenveen fora de casa por 4 a 0. Os gols dos frísios foram marcados por Slagveer, Larsson, Uth (de pênalti) e Veerman. Com a derrota, a equipe Zwollenaar pode perder duas posições, dependendo diretamente das partidas de Feyenoord e AZ Almaar, a serem realizadas neste domingo. O Heerenveen subiu ultrapassou o Twente subiu uma posição, chegando ao sexto lugar.

No sexto lugar, o Heerenveen foca agora no clássico da próxima semana, a partida contra o Cambuur em Leeuwarden. Com a possibilidade de perder duas posições, o Zwolle busca virar a página para enfrentar o Go Ahead Eagles no próximo domingo, no chamado IJssel-Derby (clássico do rio IJssel).

Zwolle falha e Heerenveen abre boa vantagem no início da partida

A partida começou movimentada no Abe Lenstra, e logo aos três minutos, Thomas Lam bobeou e perdeu a posse da bola para Luciano Slagveer, sem nenhum marcador pela frente, o atacante só teve o trabalho de tirar do goleiro Hahn e abrir o marcador, para delírio da torcida. Após o péssimo começo, o Zwolle foi obrigado a tentar atacar, e quase empatou a partida logo após sofrer o primeiro gol. Rienstra cabeceou para o gol, mas a defesa evitou o empate em cima da linha.

O que parecia o início de uma reação, ficou só na expectativa. Aos nove minutos, foi a vez de van Polen entregar a bola para Larsson. Novamente livre de marcação, o jogador apenas tirou Hahn da jogada e marcou o segundo em menos de dez minutos! O Zwolle não conseguia atacar, não criava jogadas. A equipe estava psicologicamente abalada, sabia dos erros que tinha cometido. O Heerenveen se aproveitou e seguiu pressionando.

Aos 41 minutos, Uth driblou Lukoki e entrou na área. Com a ausência de van Polen, que deveria estar no local para marcar o jogador, Lukoki seguiu atrás do atacante e cometeu um pênalti inocente, agarrando o jogador quase sem ângulo. Uth bateu magnificamente e deixou a equipe com 3 a 0 de vantagem. Pela primeira vez no ano, o Zwolle deixava o primeiro tempo com uma desvantagem de três gols.

Visitantes não encontram forças para reagir e sofrem golpe final

No início da segunda metade, Ron Jans mudou a equipe com duas alterações, a principal delas, a saída do volante Rienstra para a entrada do ponta-esquerda Becker, que deslocaria Thomas para o meio campo. O início até seria bom, Thomas arriscou chute de longa distância e acertou o travessão.

As ofensivas do Zwolle, no entanto, parariam por aí. A equipe não conseguia criar, a exemplo do primeiro tempo, e deixava muitos espaços na defesa. O Heerenveen tocava a bola tranquilamente no campo de ataque. Quando pressionava, o Zwolle apenas corria atrás da bola, esquecendo as marcações individuais e facilitando tabelas na grande área. Assim sairia o golpe fatal do Heerenveen.

Num contra ataque rápido, Veerman tabelou com Larsson, a defesa foi atrás da bola e deixou Veerman sair livre na cara de Hahn. Larsson viu o deslocamento do companheiro e rapidamente devolveu a bola. Veerman, com habilidade, encobriu Hahn e saiu pra comemorar o quarto e derradeiro gol da goleada do Heerenveen sobre uma das equipes mais surpreendentes da Holanda.

VAVEL Logo