Materazzi diz não ter mágoa de Zidane e afirma que Ronaldo foi o melhor jogador que já viu
Foto: Divulgação/Indian Super League

Jogador e treinador no Chennaiyin, da Índia, Marco Materazzi, em entrevista, falou sobre sua carreira e dos personagens que conviveu durante ela. Campeão de tudo com a Internazionale, de do Mundo com a Itália, o camisa 23 disse não guardar mágoa de Zinedine Zidane e que Ronaldo fenômeno foi o melhor jogador que já viu.

As polêmicas sempre acompanharam Marco Materazzi, inclusive numa final de Copa do Mundo. Todos se lembram da cabeçada que Zinedine Zidane deu no italiano nos acréscimos da final do Mundial de 2006, disputado na Alemanha. O episódio entrou para a história do futebol, virou até estátua, algo que ninguém jamais esperaria, não de Zidane, não numa final de Copa do Mundo.

O zagueiro italiano, que abandonou a aposentadoria para treinar e jogar pelo Chennaiyin na Índia, na nova Super League da Índia, deu uma entrevista no último domingo (22) para o Esporte Espetacular, da Globo. Perguntado sobre o lance com Zidane, Materazzi diz que não guarda raiva do francês e que o admira como jogador.

"Não somos amigos, mas não tenho rancor ou ódio dele. Pelo contrário, tenho muito respeito por alguém que é um grande campeão, é um colega de profissão, ele também é um campeão do mundo, como eu. São coisas que acontecem em qualquer campo, em qualquer partida. O que importa é que eu ganhei a Copa", disse Materazzi sobre a tal cabeçada, que anos depois foi desmistificada numa biografia do atleta que, tal incidente, só aconteceu porque o italiano ofendeu a irmã do francês, que revidou daquela maneira.

Ao ser questionado o porque chorou quando José Mourinho deixou a Internazionale para treinar o Real Madrid, Materazzi agradeceu a oportunidade que seu técnico e amigo lhe deu na época. "José (Mourinho) me permitiu, mesmo já com 37 anos, vencer tudo o que se pode vencer. Quando você quer aprender, crescer e encontra pessoas sinceras, que falam na sua cara, pode até não ser escalado, mas conquista um amigo. Naquelas circunstâncias, naqueles dois anos, conquistei um amigo, que é José, e quando essa pessoa vai embora te deixa um vazio, um vazio que um ano depois, infelizmente, fez a equipe cair de rendimento", comentou.

De final o italiano falou sobre o Brasil, e afirmou que o melhor jogador que já existiu, para ele, foi Ronaldo. "Eu amo o Brasil, estive lá no final da Copa do Mundo. Nos dias em que estive lá, vi que há muito interesse pelo futebol. Em Copacabana e Ipanema vi vários campos na praia, isso é um sonho para qualquer garoto. Sou amigo de Roni (Ronaldo Fenômeno), acho que foi o melhor jogador que houve, não porque é meu amigo mas porque ele fazia coisas que talvez, só Maradona, fazia, talvez até Messi", concluiu.

VAVEL Logo