América-MEX vence Montreal Impact de virada e conquista Concacaf Champions League

Nesta quarta-feira (29), o América sagrou-se campeão da Concacaf Champions League 2014/15. Os mexicanos derrotaram o Montreal Impact, no Estádio Olímpico, por 4 a 2, em um jogo movimentadíssimo. Os canadenses até saíram na frente e acabaram a primeira etapa na frente, mas os visitantes viraram a partida com três gols de Dario Benedetto.

No jogo de ida, as equipes empataram em 1 a 1. O Montreal, a surpresa da competição, é o pior time na classificação da MLS e entrou no torneio como campeão da Canadian Championship. O time estava com alguns desfalques, inclusive, contratou um goleiro, Kristian Nicht, de última hora para a partida.

Após um primeiro tempo muito intenso, o Impact abriu 1 a 0. Porém, o América voltou melhor no segundo tempo e os canadenses cochilaram. Dario Benedetto comandou a virada que virou goleada e deu tranquilidade. No fim, McInerney diminuiu a vantagem. Com o resultado (5 a 2 no agregado), o time mexicano conquistou seu sexto título da Concacaf: 1977, 1987, 1990, 1992, 2006 e 2015. Assim, assegurou vaga no Mundial de Clubes da Fifa, a ser disputado em dezembro deste ano, no Japão.

Montreal marca nos primeiros minutos e se anima

O jogo foi muito movimentado. Logo aos seis minutos o Montreal abriu o placar e encheu os mais de 61 mil presentes no estádio de esperança. O argentino Ignacio Piatti fez linda jogada pela esquerda, driblando dois, e cruzou. Romero dominou, tirou outro marcador e tocou no canto oposto de Munõz. Festa no Estádio Olímpico.

Pouco depois, quase aconteceu o empate. Após bola erguida na área, Pablo Aguilar cabeceou no segundo poste, a bola atravessou a área e chegou para Benedetto, que quase dentro do gol chutou no travessão. Inacreditável o gol perdido pelo atacante. Do outro lado, Duka deu bom passe para Piatti, o meia dominou, cortou o zagueiro que vinha, mas chutou em cima do goleiro.

Com algumas faltas, a partida ficou pegada. Lances duros, onde os jogadores não aliviavam nas divididas. Na parte final do primeiro tempo, muita reclamação com o árbitro e cartões amarelos. O panorama até então era de desperdícios do Montreal, que não conseguia concluir a jogada de contra-ataque, faltava tranquilidade.

Benedetto comanda a virada e garante o título para o América

Na volta do intervalo, os mexicanos apresentaram uma postura mais ofensiva, chegando com volume ao ataque. Insistindo, o América conseguiu o empate. Martinez cruzou da entrada da área e Benedetto, sem marcação, mandou de voleio, um forte chute, que acertou o rosto do goleiro Nicht e entrou. Mesmo desorganizados, o Montreal aguentou a pressão até certo momento, quando a “porteira abriu”.

Sambueza recebeu bom passe na esquerda, tentou o drible no goleiro, mas ele conseguiu tirar a bola. O argentino recuperou a bola e cruzou, mas Peralta cabeceou em cima da marcação. Aos 19 minutos, bola lançada para o outro lado do campo, novamente nas costas de Reo-Coker, Quintero tocou de cabeça para o meio da área e Peralta, entre os zagueiros, empurrou para as redes. Virada do América, complicando a situação para o Montreal.

O que estava ruim ficou péssimo. Dois minutos depois, mais um lance pela esquerda ofensiva do América: Samudio cruzou e Benedetto completou. A marcação do Impact estava entregue e os visitantes, superiores. O quarto não demorou a sair. Quintero acionou Benedetto. Com um só drible tirou Soumaré e Ciman da jogada. Com calma, chutou forte no ângulo, anotando mais um belo gol.

Nos minutos finais, Piatti achou McInerney entrando na área. O atacante norte-americano arrematou de primeira, no canto, e diminuiu a vantagem. Após o apito final, muita festa dos jogadores do América. Os canadenses aplaudiram sua equipe pelo empenho na competição.

Agora, as equipes voltam suas atenções para os campeonatos nacionais. O América, posteriormente, começará uma preparação especial para o Mundial de Clubes. Enquanto isso, o Montreal terá como missão se recuperar na Conferência Leste e ir aos playoffs da MLS.

VAVEL Logo