Monaco goleia Toulouse e abre vantagem na briga por vaga na Champions League

Na tarde deste domingo (03), em jogo válido pela 35ª rodada da Ligue 1, no Stade Louis II, o Monaco goleou o Toulouse por 4 a 1. O destaque da partida ficou por conta de João Moutinho, autor de um gol e de uma assistência. O resultado foi muito importante para as pretensões do clube de ir à próxima edição da Uefa Champions League. O Téfécé está na parte de baixo da tabela e se complica.

O resultado positivo mantém o Monaco na terceira posição, mas agora com cinco pontos à frente dos rivais. São 65 pontos dos monegascos contra 60 de Olympique de Marseille e Saint-Étienne. A próxima partida (domingo, 10) será o confronto direto contra os comandados de Marcelo Bielsa. Será a chance de assegurar a vaga na maior competição de clubes da Europa.

O sinal amarelo está acesso para o Toulouse. Restando três rodadas está no 16º lugar, com 39 pontos. Está apenas dois pontos na frente do Evian, primeiro time dentro da zona de rebaixamento. No sábado (09), recebe o Lille, visando se afastar do Z3.

Monaco começa melhor, sofre o empate, mas tem pênalti a seu favor

Mais presente no campo de ataque, o Monaco começou melhor e não demorou muito para criar a primeira boa oportunidade: Moutinho deu belo passe para Kondogbia, o francês bateu forte, visando o ângulo superior, mas Ahamada fez milagre. Pressionando, a equipe abriu o placar pouco depois. Após jogada ensaiada em escanteio curto, Bernardo Silva arrematou e contou com desvio em Kana-Biyik, a bola parou nas redes.

Com o passar dos minutos, o Toulouse se encontrou em campo. Em contra-ataque, a equipe foi fatal e empatou o jogo. Trejo arrancou pelo meio, esperou a ultrapassagem de Braithwaite pela direita e rolou. O dinamarquês chutou por baixo de Subasic que aceitou. O Monaco que havia começado a todo o vapor parou de produzir, errava na saída de jogo e o Toulouse tentava se aproveitar.

Ben Yedder roubou a bola de Fabinho e soltou a bomba de fora da área, o goleiro croata socou para escanteio. Braithwaite também arriscou de fora da área, a redonda tirou tinta da trave. No fim do primeiro tempo, Martial se enroscou com Trejo e caiu na área. O árbitro apontou a marca da cal. O próprio se encarregou da cobrança, mesmo chutando mal ele converteu a penalidade.

Moutinho amplia a vantagem e Monaco assegura os três pontos

Na volta do intervalo, o jogo estava morno. Até que aos 10 minutos, os donos da casa ampliaram a vantagem. Raggi cruzou para o meio, João Moutinho apareceu na pequena área e cabeceou no contrapé de Ahamada. O Toulouse assustou na bola parada. Ben Yedder cobrou falta perigosa, a bola passou perto, ao lado da trave.

O Toulouse trocava passes no campo ofensivo, porém o árbitro atrapalhou o lance e o Moanco achou um contra-ataque. Carrasco carregou e cortou para o meio, chutou rasteiro e o goleiro defendeu. Fabinho derrubou Ben Yedder próximo a área. O camisa 10 do TFC cobrou, mandou por cima da barreira, mas Subasic estava bem colocado e encaixou.

Aos 33 minutos, Nabil Dirar e Kana-Biyik se agarraram e trocaram empurrões. O jogador do Monaco acabou no chão. O árbitro Nicolas Rainville expulsou os dois. Após isso, o treinador Dominique Arribagé fez suas três alterações seguidamente. Em campo, os times não criaram muito. A vantagem dos mandantes era tranquila e ficou ainda maior nos acréscimos. Moutinho conduziu e deu excelente passe para Germain, 11ª partida invicta do Monaco na Ligue 1. O time não perde no nacional deste fevereiro. 

VAVEL Logo