Técnico do River alfineta Boca Juniors após derrota: "Pensei que poderia jogar um pouco mais"
Boca superior? Não para Gallardo (Foto: Divulgação/Diário Olé)

Depois de perder o superclássico argentino para o Boca Juniors, neste domingo (3), por 2 a 0, Marcello Gallardo, treinador do River Plate, atacou a forma de jogar da equipe xeneize. O confronto era válido pela 11ª rodada do campeonato nacional, em que o Boca lidera, agora isolado e com 27 pontos. Em tom extremamente crítico, Gallardo pareceu incomodado com a postura do maior rival.

"Eles [atletas do Boca Juniors] jogaram o tempo inteiro por segundas bolas, a partir de rebotes. Vinham com maior fluidez, pensei que poderiam jogar um pouco mais", disparou 'Muñeco' – como Marcelo é conhecido desde os tempos de jogador. "Em três minutos, perdemos uma partida que estava controlada. Não sei se estávamos próximos de ganhar, mas não nos geraram perigo. Por isto a bronca", falou o argentino.

"Temos uma revanche na quinta-feira [em duelo válido pela Copa Libertadores da América]. Nos interessa jogar o mais importante. Eles possuem a vantagem psicológica, mas isto nos dá um estímulo para vencer um confronto que será importante – e em nosso campo", afirmou. "Temos a possibilidade de transformar algo negativo em positivo", prosseguiu Gallardo.

"Nos seguintes embates, tentaremos ter maior controle da posse, com mais gente no campo rival. Para fazer nosso jogo, tendo profundidade no ataque. Temos de marcar, ganhar a partida. Devemos ter inteligência, serão 180 minutos. Ocorrerão muitas coisas", finalizou. Até o dia 14 deste mês, serão mais dois superclássicos, ambos pelas oitavas de final da Copa Libertadores. Na próxima quinta-feira (7), o primeiro. A série foi iniciada.

VAVEL Logo