Arsenal visita Hull City em busca do vice-campeonato da Premier League

Com objetivos distintos nesta reta final de Premier League, Hull City e Arsenal se enfrentam nesta segunda-feira (4), às 16h, no KC Stadium, em Kingston Upon Hull, pela 35ª rodada do certame. Enquanto o Arsenal briga por uma vaga direta na fase de grupos da Uefa Champions League, o Hull briga desesperadamente contra o rebaixamento.

Os donos da casa vêm de uma importante vitória contra o Liverpool, em jogo atrasado, pelo placar de 1 a 0 com gol do zagueiro Dawson. Já os Gunners viram as chances de título escaparem na última rodada em um empate com o Chelsea por 0 a 0. Os Blues confirmaram seu quinto título ingles neste domingo (3) ao baterem o Crystal Palace com gol solitário de Eden Hazard.

Na história, houve apenas 21 encontros entre Hull City e Arsenal, e o time de Londres tem uma larga vantagem: 14 vitórias, quatro empates e apenas três derrotas.

Hull busca sua terceira vitória seguida para escapar da degola

A boa sequência de resultados animam os torcedores do Tigers, que estão confiantes na luta contra o rebaixamento. Com vitórias sobre o Crystal Palace e o Liverpool, o Hull chegou aos 34 pontos e está fora da zona. No entanto, o técnico Steve Bruce sabe que nada está acabado e faz elogios à equipe do Arsenal, tendo como principal foco o técnico Arsène Wenger.

O trabalho de Arsène Wenger é algo que os treinadores ingleses não tem conseguido seguir. Uma marca de 17,18 anos treinando uma equipe como o Arsenal é algo fantástico e memorável e isso demonstra o clima bom que sempre está no Emirates Stadium”, disse.

Bruce diz que busca se inspirar nesta sequência de trabalho que Wenger tem no Arsenal, mas ainda diz que tem muito trabalho a ser feito e espera render bons frutos ao longo dos próximos anos.

Tomo lições do trabalho do Wenger e espero fazer algo parecido aqui no Hull City, mas ainda tenho muito o que aprender” concluiu.

Fora da disputa do titulo, Arsenal mira o vice-campeonato inglês

Depois de uma longa sequência de vitórias, um simples tropeço contra o Chelsea fez o Arsenal ficar fora da disputa do titulo e agora o time busca uma vaga direta à Champions League. A semana ficou marcada por uma declaração polêmica do ídolo Thierry Henry, que afirmou que o clube nunca será campeão com o francês Giroud no ataque. Wenger não gostou do que ouviu e comentou o fato.

Eu posso aceitar uma opinião, mas não posso aceitar um comentário mais do que errado feito pelo Henry. Especialmente porque ouvi as mesmas coisas em respeito ao Anelka, Van Persie e até do próprio Henry e todos eles viraram grandes estrelas mundiais”, declarou Wenger.

Wenger acredita que o time pode ser campeão ingles na próxima temporada e defende o elenco que possui em mãos, dando sinais de que o clube não se movimentará bastante na proxima janela de transferências.

Nós não precisamos de uma grande mudança. Temos um elenco muito forte e temos talentos da base que irão crescer muito. Nosso elenco é grande então é normal que vamos perder alguns jogadores. Temos o Podolski, Campbell e Sanogo fora por empréstimo, mas que voltarão para nos ajudar”, concluiu.

VAVEL Logo