Ídolo belga aconselha Kevin De Bruyne a permanecer no Wolfsburg

No último final de semana, o ex-goleiro belga Jean-Marie Pfaff expressou sua opinião em relação às especulações em torno do destino do meia-atacante Kevin De Bruyne na próxima temporada. O jovem de 23 anos vem se firmando no Wolfsburg e na seleção da Bélgica, e rumores dão conta de que há possibilidades de o jogador deixar os Lobos ao final da temporada 2014/2015. O Bayern de Munique, que recentemente conquistou o tricampeonato da Bundesliga, é apontado como o clube mais interessado em adquirir a estrela da seleção dos Diabos Vermelhos.

"Sua primeira final de Copa (o Wolfsburg enfrentará o Borussia Dortmund no dia 30 de maio, em Berlim, na decisão da DFB-Pokal) é só uma vitória de muitas para ele. Quero ir a Berlim para vê-lo", disse Pfaff em entrevista ao canal alemão SPORT1.

Campeão belga com o Beveren e seis vezes campeão nacional (são três títulos da Bundesliga e três taças da DFB-Pokal) pelo Bayern, o ex-jogador acredita que De Bruyne deveria permanecer no clube alviverde. "Os 25 milhões de euros que o Wolfsburg pagou ao Chelsea valeram a pena e estão rendendo frutos há tempos. De Bruyne deveria ficar no Wolfsburg por mais um ou dois anos. Depois, poderia ir ao Bayern", opinou.

Patrick De Koster, empresário do atleta, já afirmara que o valor de mercado de Kevin De Bruyne está entre 50 e 60 milhões de euros. Apesar disso, ambas as partes ainda não definiram se uma transferência seria a melhor decisão a ser tomada. Além dos bávaros, Manchester City e PSG são outros clubes os quais estariam interessados em adquirir a revelação belga.

Revelado pelo Genk, De Bruyne também coleciona passagens por Werder Bremen e Chelsea. Seu contrato com o Wolfsburg vale até o ano de 2019. Na atual temporada, o meia-atacante acumula números impressionantes: 15 gols e 24 assistências.

Kevin De Bruyne é considerado um dos principais nomes da "nova geração belga" de jogadores (Foto: Divulgação/Wolfsburg)
VAVEL Logo