Na busca pelo título da Ligue 1, PSG recebe Guingamp na abertura da 36ª rodada da Ligue 1
Foto: C. Gavelle/PSG

Iniciando os trabalhos na 36ª rodada da Ligue 1 2014/2015, o Paris Saint-Germain recebe o Guingamp no Parc des Princes, na tarde desta sexta-feira (7). Os parisienses, líderes da competição, pretendem aumentar a diferença para o segundo colocado, já os rubro-negros buscam pontos para permanecer na elite. A bola rola às 15h30, horário de Brasília.

A partida marca o encontro de candidatos ao prêmio de melhor treinador da temporada. De um lado Laurent Blanc, técnico do PSG, e do outro Jocelyn Gourvennec, comandante do Guingamp. Completam a lista de indicados Hubert Fournier, do Lyon, e Christophe Galtier, do Saint-Étienne.

No primeiro turno, o time da Bretanha venceu por 1 a 0, gol de Jeremy Pied. Após campanha com altos e baixos, os rubro-negros asseguraram a permanência na elite e querem surpreender o adversário novamente. Já o PSG pretende vencer para jogar a pressão no Lyon.

Em busca do título, PSG quer vencer e ampliar vantagem para seis pontos

O retrospecto recente do PSG é muito bom. São seis vitórias seguidas na Ligue 1. Esta arrancada fez o time ultrapassar o Lyon e assumir a liderança. O time da capital tem 74 pontos e 39 gols de saldo. Já os Gones seguem na cola com 71 pontos e 41 de saldo. O resultado positivo deixa Ibrahimovic e sua turma com uma boa vantagem, restando poucas rodadas para o fim.

Laurent Blanc falou o que espera para o jogo desta sexta-feira. “Estou preocupado apenas com o jogo de amanhã, não iremos poupar nada nesta reta final. Eu escalarei a melhor equipe para vencer o Guingamp, que não se esqueça, nos derrotou no primeiro turno. Eles formam um bom time e que deve ser respeitado”, avaliou.

Questionado se há vantagem em jogar antes do Lyon, ele rebateu: “É uma vantagem se nós vencermos o Guingamp. Nós jogaremos antes de todos, isso não aconteceu muitas vezes nesta temporada. Mas, como em todas as rodadas, o objetivo é o mesmo: conquistar os três pontos. Se vencermos, eu acredito que todo mundo, principalmente os jornalistas, dirão que o Paris colocou pressão sobre o Lyon.

A boa notícia para o torcedor parisiense fica por conta dos retornos de Sirigu, confirmado por Blanc no time titular, e Aurier, que também deve começar jogando. Eles estão recuperados de lesão. Porém, David Luiz, com problema no pé, Thiago Motta, com lesão na coxa, e van der Wiel, suspenso, estão fora da partida.

“Eles são dez vezes mais fortes do que nós”, diz treinador do Guingamp

Virtualmente livre do rebaixamento, o Guingamp é o 10º colocado com 46 pontos e vem de duas vitórias seguidas. A equipe que chegou ao mata-mata da Europa League pretende somar o máximo de pontos possíveis neste três jogos restantes para terminar a Ligue 1 na parte de cima da tabela.

Duas ausências são certas para o confronto. E são perdas que certamente serão sentidas pela equipe. Jérémy Pied, autor do gol único no jogo do primeiro turno, está suspenso, enquanto Dorian Leveque tem uma lesão na coxa esquerda.

Um detalhe extra-campo que ganhou repercussão nesta semana teve relação a torcida do Guingamp. O grupo Kop Rouge decidiu boicotar a partida por conta de imposições drásticas impostas a eles no Parc des Princes. A reclamação gira em torno do preço do ingresso cobrado ao visitante (40 euros) e da proibição da entrada de bandeiras, megafones e tambores.

Indagado se o resultado do primeiro turno irá se repetir no jogo de logo mais, Gourvennec, campeão da Coupe de France 2013/2014 com o Guingamp, foi enfático. “Vai ser diferente do jogo de ida. Eles estão quaser completos, eles jogam pelo título, eles querem ganhar. Eles são dez vezes mais fortes do que nós”, disse.

VAVEL Logo