No jogo dos desesperados, Stade de Reims bate e afunda Évian na Ligue 1

No Parc des Sports, confronto direto pela permanência na Ligue 1. Em duelo válido pela 36ª rodada, o Evian TG acabou derrotado pelo concorrente Stade de Reims e se complicou na briga contra o rebaixamento. As duas equipes estão próximas, apenas quatro pontos de diferença. O destaque da partida foi David N'Gog, que anotou dois gols para os visitantes.

Esse resultado adverso deixou os roses permaneceram na dentro do Z3, na 18ª posição, com 37 pontos. O primeiro fora da zona da degola é o próprio Stade de Reims, 17º, que agora tem a somatória de 41 pontos ganhos. Para se salvar, o Evian precisa reverter a desvantagem de quatro pontos na tabela e torcer por duas derrotas dos alvirrubros.

O time da cruz de Savoia não vence desde 21 de março, quando bateu o Montpellier. De lá para cá foram quatro derrotas e dois empates. No sábado encara o Saint Étienne buscando a sobrevivência. Já o Stade de Reims só depende de si para ficar na elite. No mesmo dia recebe o Rennes. A briga para fugir da última vaga na Ligue 2 será acirrada, já que Lens e Metz já foram rebaixados.

Melhores no inicio, os mandantes assustaram logo aos oito minutos, Thomasson cruzou da esquerda, Duhamel arriscou o voleio e Agassa fez grande defesa. Mais uma vez pelos lados, o Evian quase marcou com Duhamel, após chute cruzado de Sunu. As situações de perigo surgiam de erros defensivos, os jogadores estavam agitados. Os nervos exaltados. Eis que aos 40 minutos, David N'Gog inaugura o marcador. Ele driblou o zagueiro e tocou para o gol vazio.

No fim do primeiro tempo, o Evian conseguiu o empate. N'Sikulu foi derrubado por Fofana na faixa lateral. Gilles Sunu cobrou a falta direto e a bola acabou nas redes do goleiro Agassa que estava adiantado.

Já na volta do intervalo, os mandantes conseguiram a virada: Duhamel recebeu nos costado da zaga, ele chutou firme e Agassa aceitou. Evian na frente do placar e esperança para a torcida, que naquele momento via seu time sair da zona de rebaixamento. Porém, a situação se inverteu.

O brasileiro Diego cobrou escanteio, Mandi cabeceou. A bola bateu no poste e sobrou para N'Gog marcar seu segundo gol na partida. O Evian buscava o ataque, tentava o gol, mas quem marcou foi o Stade de Reims. Mandi achou N'Gog na área, ele passa para Moukandjo que de pé direito não desperdiça. O relógio marcava 41 minutos do segundo tempo. Na última tentativa do Evian, no abafa, N'Sikulu desperdiçou, quando chutou por cima do gol.

VAVEL Logo