Chievo não aproveita oportunidades ante Hellas e Derby della Scala termina empatado

Na manhã deste domingo (10), Chievo e Hellas Verona empataram em 2 a 2, no estádio Marc'Antonio Bentegodi, em Verona, pela 35ª rodada da Serie A. Os gols do time Mussi Volanti foram marcados por Paloschi e Pellissier. Pelo lado dos Gli Scaligeri, o artilheiro Luca Toni e Taleb fizeram.

O Chievo vinha para este jogo com uma sequência boa, não perdiam a cinco jogos. Já o Hellas Verona perdeu diante da Udinese na outra rodada, e esta partida seria importante para se afastar da zona de rebaixamento. Com todos os gols saindo no primeiro tempo, aos nove minutos, Paloschi abriu o placar ao Chievo, porém em cinco minutos, o Hellas Verona mostrou seu poder ofensivo e empatou com Toni e Taleb. No fim da primeira etapa, de pênalti, Pellissier empatou.

A equipe do Chievo volta a entrar em campo no próximo domingo (17), onde vai a Turim enfrentar o Torino. Já o Hellas Verona, joga em casa contra o Empoli. Ambas partidas são válidas pela 36ª rodada da Serie A TIM.

Primeiro tempo foi o período mais disputado, com todos os quatro gols saindo nele

O jogo já começou com um gol logo de cara, aos nove minutos,após Luca Toni perder a bola no meio de campo, o cruzamento na ponta direita de Sergio Pellissier, foi certinha na cabeça de Alberto Paloschi, que marcou. Demonstrando sinais de reação, aos poucos os esquema ofensivo do Hellas Verona vinha dando certo, mas até então nenhum grande perigo a baliza de Bizzarri.

Aos 20 minutos, os Gli Scaligeri tiveram uma falta a favor na lateral esquerda do campo. O islandês Hallfresdsson cobrou muito bem e o argentino Taleb de cabeça marcou. A bola ainda desviou no zagueiro do Chievo, dificultando a vida de Bizzarri, e o Hellas empata a partida. 

A virada saiu seis minutos depois. Foi praticamente um replay do primeiro gol, pois em uma falta na mesma posição, Hallfredsson cobrou muito bem, porém desta vez a bola foi no pé do artilheiro Luca Toni, que não perdoou e  fez seu 19ª gol, ficando a um da artilharia da Serie A TIM, que pertence a Tevez.

No fim do primeiro tempo, aos 40 minutos, o defensor uruguaio Rodríguez, derrubou Sergio Pellissier dentro da área e Nicola Rizzolli marcou pênalti a favor do Chievo. O próprio Pellissier cobrou, bateu muito bem no canto direito, tirou do goleiro Rafael e ainda a bola bateu na trave antes de entrar. Um minuto após o gol, novamente Luca Toni, acertou a travessão em um contra ataque veloz do Hellas Verona, daí em diante a equipe de Toni parou de jogar e assistiu seu adversário dominar a partida.

Segundo tempo dominante do Chievo, porém nenhum gol

O segundo tempo teve o Chievo Verona atacando muito mais, obteve umas boas oportunidades de gols porém os atacantes dos Mussi Volanti não aproveitaram. Predominou um jogo com muitas faltas na etapa final, ao todo no jogo todo foram 29 faltas, e outros oito jogadores tomaram cartão amarelo.

Na baliza do Hellas Verona estava o brasileiro Rafael, que fez boas defesas. Ambas equipes trocaram seus atacantes, Botta entrou no Chievo e Valoti nos Gli Scaligeri. Nada mudou, e a partida terminou empatada em 2 a 2.

VAVEL Logo