Chelsea e Liverpool ficam no empate no Stamford Bridge em jogo equilibrado
Foto: Divulgação/Premier League

Em sua primeira partida pós título da Premier League, o Chelsea recebeu o Liverpool no Stamford Bridge. Antes do início do jogo, os jogadores dos reds receberam com aplausos os atletas do Chelsea ao entrar em campo.

Já a partida teve um grande equilibrio, com muita velocidade durante os 90 minutos. Os blues foram melhores na primeira etapa e abriram o placar com John Terry logo aos cinco minutos.

Mas no fim do primeiro tempo, Steven Gerrard conseguiu o empate em uma boa cabeçada. O segundo tempo ganhou mais velocidade, com as duas equipes abusando dos contra-ataques, mas levaram pouco perigo e os goleiros belgas não tiveram muito trabalho.

Já campeão, na penúltima rodada o Chelsea vai até Birmingham enfrentar o West Bromwich na segunda-feira (18). O Liverpool recebe o Crystal Palace em Anfield no sábado (16).

Primeiro tempo muito disputado, mas com pouca chances de gol

José Mourinho decidiu poupar alguns titulares, e logo no início da partida percebeu a diferença. O Chelsea errando alguns passes e comentendo faltas mais fortes. Com dois minutos de partida Fàbregas fez falta forte em Sterling e recebeu cartão amarelo.

Com cinco minutos os blues conseguiram abrir o placar. Em jogada ensaiada de cobrança de escanteio, Fàbregas mandou na cabeça de John Terry que fez o primeiro gol da partida.

Após o bom momento do Chelsea, foi a vez do Liverpool dominar. Depois dos dez minutos várias os reds criaram várias oportunidades e finalizaram várias vezes. Aos 14 minutos, Philippe Coutinho tentou o chute já dentro da área e Courtois fez grande defesa.

Passados os 20 minutos, o Chelsea tomou o domínio da partida. Aos 27 minutos, Ivanovic fez grande jogada pela direita, passou para Willian, que de calcanhar deixou Fàbregas na cara do gol. O espanhol bateu cruzado e Mignolet salvou mandando para escanteio.

O Chelsea passou a dominar e as chegadas do Liverpool passaram a ser mais raras. Mas após uma falta cometida por Ivanovic os reds chegaram ao empate, aos 44 minutos. Henderson ergueu na segunda trave e Gerrard livre cabeceou para o chão, sem chances de defesa para Courtois.

Muita velocidade, pouco perigo

O Liverpool ainda sonhando com uma vaga na Uefa Champions League foi em busca da virada no início do segundo tempo. Com três minutos, Sterling carregou a bola por toda área, passou pela marcação de Filipe Luís e rolou para Coutinho, que chutou de primeira, quase fazendo o segundo dos reds.

Essa pressão abria espaço para o Chelsea no contra ataque. Com sete minutos, Hazard puxou pelo lado esquerdo, carregou pelo meio, e tocou para Willian livre na direita. O brasileiro cortou a marcação e chutou forte, mas Mignolet fez grande defesa.

A equipe de Brendan Rodgers, dominava tanto a segunda etapa que chegou a ter 66% de posse de bola. Mas assim como na primeira etapa, poucas chaces de gol surgiam. Após os 25 minutos, o jogo ganhou velocidade e as duas equipes chegavam ao ataque com perigo, mas ainda sem chances de gol. No Liverpool a entrada de jogadores rápidos como Ibe e Sinclair, levavam perigo.

Já os Blues ficaram apostando nos contra-ataque, com Willian e Hazard, mas errando muitos passes a equipe teve muita dificuldade. Lance mais perigoso só foi acontecer aos 43 minutos, quando Coutinho arriscou de fora da área, a bola desviou em Cahill e quase enganou Courtois. Foram apenas sete chutes no gol durante todo o jogo.

VAVEL Logo