Guardiola descarta transferência ao Manchester City: "Estarei no Bayern na próxima temporada"
"Tenho mais um ano de contrato", lembrou o catalão (Foto: Divulgação/Bayern de Munique)

A fase do Bayern de Munique não é das melhores. O clube não vence há quatro jogos - foi eliminado pelo Borussia Dortmund na DFB-Pokal e foi derrotado por Bayer Leverkusen e Augsburg, na Bundesliga, e pelo Barcelona, na Uefa Champions League -, fato que não ocorria desde 1991. A marca também é negativa para o técnico Pep Guardiola, que passa por uma crise dessa dimensão pela primeira vez na carreira. A imprensa chegou a especular um pré-acordo do catalão com o Manchester City, que pode sacar Manuel Pellegrini do cargo de treinador.

Entretanto, o próprio Guardiola descartou nesta segunda-feira (11) a possibilidade de se mudar para a Inglaterra. "Já disse 200 milhões de vezes que tenho mais um ano de contrato aqui", disse o espanhol em entrevista coletiva.

"Estarei no Bayern na próxima temporada, e isso é tudo", afirmou o comandante. No comando do Bayern desde 2013, o profissional de 44 anos já coleciona dois títulos da Bundesliga e uma taça da DFB-Pokal em terras alemãs.

Depois de conquistar todos os títulos possíveis pelo Barcelona, o ex-jogador se depara com um grande desafio: adquirir um título internacional para os bávaros. Na última temporada, o clube de Munique sucumbiu frente ao Real Madrid na fase semifinal, com derrotas de 1 a 0, fora de casa, e 4 a 0, em seus domínios. Agora, também no último estágio antes da decisão, Pep Guardiola tem a difícil missão de reverter uma desvantagem de 3 a 0 frente ao seu ex-clube.

Além das derrotas a nível continental, tropeços diante de equipes da parte de cima da Bundesliga - Wolfsburg e Borussia Mönchengladbach foram os outros escretes que derrotaram o FC Bayern na competição continental - também têm colocado em xeque a permanência do técnico, cujo contrato com o Bayern se encerra em 2016. Mesmo assim, o espanhol garante que cumprirá seu vínculo com a equipe.

Outra pergunta na conferência de imprensa irritou Guardiola. Questionado sobre o rótulo de "melhor técnico do mundo", adquirido desde sua era à frente do Barça, o treinador mostrou que não se preocupa com tal posto. "Isso é uma merda, me desculpem. Estou feliz aqui e quero contribuir para que minha equipe seja a melhor. Em Barcelona, dei o melhor. Para muitos, será suficiente. Para outros, não. Aqui é igual. Dei meu melhor, e a opinião das lendas do clube, dos jornalistas ou diretores não me interessam", pontuou.

Bayern de Munique e Barcelona medirão forças na Allianz Arena na terça-feira (12), às 15h45, horário de Brasília. O vencedor garante vaga na grande decisão da UCL 2014/2015, a qual será disputada no Estádio Olímpico de Berlim, no dia 6 de junho.

VAVEL Logo