Roma anuncia contratação do zagueiro Antonio Rudiger, ex-Stuttgart
Foto: Divulgação/Roma

Roma anuncia contratação do zagueiro Antonio Rudiger, ex-Stuttgart

Clube italiano reforça seu setor defensivo, que contava apenas com Manolas e Castán contratando dois jovens

gabriel-menezes
Gabriel Menezes

Depois de ver Yanga-Mbiwa e Romagnoli sendo vendidos ao Lyon e ao Milan, respectivamente, a Roma contava apenas com Castán e Manolas como opções para a defesa, sem contar os meninos da base como Capradossi e Calabresi, que foram utilizados na pré-temporada, mas não devem ser opções viáveis para a atual temporada. Portanto, a equipe precisava de zagueiros para, no mínimo, compor o elenco.

E pouco antes da estreia na Serie A, foram anunciados dois jovens zagueiros, que chegam ao clube por empréstimo, tendo também uma opção de compra. Um deles é o alemão Antonio Rudiger, de 22 anos, que jogava pelo Stuttgart. O outro é o eslovaco Norbert Gyomber, que veio do Catania para os giallorossi.

Rudiger é mais uma revelação alemã dos últimos anos, tendo passado por diversas seleções de base. Mesmo aos 22 anos, o jovem já fez seis partidas pela seleção principal de seu país. O negócio custou 4 milhões de euros pelo empréstimo do jogador até o fim da temporada e o Stuttgart pode receber mais 9 milhões se a Roma optar por exercer seu direito de compra, adquirindo o jogador em definitivo.

Em entrevista à Roma TV, o alemão mostrou que veio à Roma para conquistar títulos: "Estou muito feliz de poder vestir a camisa da Roma. Vim aqui para ganhar títulos, vim para ganhar o Scudetto e queria agradecer a todos os torcedores da Roma. Prometo que darei tudo pelo clube". Rudiger vestirá a camisa 2 romanista, antes utilizada por Yanga-Mbiwa.

O tom de elogios ao clube também foi adotado por Gyomber, que considerou a Roma "um dos maiores clubes do mundo" e disse estar feliz por ter se transferido. O eslovaco também já fez sua estreia pela seleção nacional. No entanto, sua carreira tem menos visibilidade que a de Rudiger. O jovem de 23 anos fez apenas 26 jogos pelo Catania, nas duas temporadas em que esteve por lá, prejudicado por uma lesão na temporada passada, que o tirou de boa parte da mesma.

O próprio jogador disse ser polivalente, em entrevista à Roma TV, por já ter jogado como lateral, em ambos os lados, e volante, pela seleção eslovaca. Quando perguntado sobre seu ídolo, a resposta foi simples: "Zidane era meu herói antigamente, mas agora eu com certeza vou ter Totti como ídolo". Os valores da transação não foram informados pela Roma.

VAVEL Logo