West Ham vence Chelsea e assume vice-liderança da Premier League
Foto: Divulgação/Premier League

Na abertura da décima rodada da Barclays Premier League neste sábado (24), o West Ham venceu o Chelsea por dois a um no estádio Boleyn Ground. Com a vitória, os Hammers assumiram a segunda colocação da competição com 20 pontos, um a menos que o líder, Manchester City. Já o Chelsea segue mal na Liga, caindo para 15ª colocação com apenas 11 pontos.

A equipe da casa foi superior em boa parte da partida. Zárate abriu o placar na primeira etapa. E também na primeira etapa, Matic foi expulso. E no intervalo o treinador José Mourinho também foi expulso. No segundo tempo, mesmo com um a menos o Chelsea conseguiu com empate com Cahill. Mas, com um a mais o West Ham foi para pressão e conseguiu o gol da vitória com Carroll.

Na próxima rodada o West Ham, vai até o Vicarage Road encarar o Watford no próximo sábado (31) às 13H (horário de Brasília). Mais cedo, às 10H45 (horário de Brasília), o Chelsea recebe o Liverpool no Stamford Brigde.

West Ham sai na frente e tem confusão ao final do primeiro tempo

Os primeiros cinco minutos de partida foram muito estudados. As duas equipes marcando muito forte e com várias faltas. Única chance de gol foi uma finalização de fora da área de Payet, mas foi por sobre o gol, sem perigo. Primeira jogada do Chelsea aconteceu aos oito minutos. Willian tocou de primeira para Fàbregas que lançou Diego Costa. O atacante finalizou forte, porém sem direção.

A partida seguia igual. Aos 15 minutos, Fàbregas fez falta em Payet. O francês cobrou bem a falta e Begovic mandou para escanteio. Na cobrança, surgiu o gol do West Ham. Diego Costa cortou mal e a bola ficou na entrada da área para Zárate. O meia arrematou de primeira, no canto esquerdo do goleiro dos blues.

Após fazer o gol, os Hammers recuaram e começaram a apostar no contra ataque. Com isso, o Chelsea passou a ficar mais presente no campo de ataque. Aos 33 minutos, Willian cobrou falta com perigo da entrada da área, com Adrián mandando para escanteio. Dois minutos depois, em cobrança de escanteio, uma confusão na área a bola sobrou para Zouma que chutou forte. A bola desviou em Lanzini e ia entrando, mas a zaga cortou a poucos centímetros de entrar.

A resposta do West Ham aconteceu aos 39 minutos. Lanzini chegou livre pela esquerda, em bola cruzada da direta e arriscou o chute. A bola passou pelo alto, próximo ao gol de Begovic. Aos 42 minutos aconteceu a primeira polêmica. Willian correu do campo de defesa ao ataque e abriu para Fàbregas na direita. O espanhol finalizou para as redes, mas o árbitro marcou impedimento, duvidoso. Dois minutos depois, Matic recebeu o segundo amarelo e acabou expulso por falta na ponta direita.

No intervalo o treinador José Mourinho também foi expulso pelo árbitro Jonathan Moss.

O Chelsea consegue o empate, mas Carroll entra e decide

Mesmo com um menos o Chelsea foi para o ataque em busca do empate. E diferentemente da primeira etapa, os Hammers não conseguiam acertar os contra ataques. Com essa pressão, aos 10 minutos, os blues conseguiram o empate. Após cobrança de escanteio pela esquerda, Cahill dividiu no alto com a zaga. A bola sobrou para ele mesmo e finalizou forte, conseguindo o gol do Chelsea.

Após o gol, a partida vou ao estágio de igualdade do início da partida. O West Ham com maior posse de bola e o Chelsea tentando tocar mais a bola. As chegadas de perigo aconteciam em cruzamentos e chutes de fora da área, mas os goleiros não faziam grandes defesas.

Já no final da partida, com essa jogada forte de cruzamento para área, West Ham conseguiu fazer o segundo gol. Cruzamento para área feito pela esquerda, Carroll subiu mais alto que a marcação que cabeceou no canto, colocando os Hammers a frente do placar.

Com o resultado favorável, o West Ham soube segurar o placar e conquistar a vitória.

VAVEL Logo