Artilheiro Higuaín marca, Napoli vence Chievo e alcança vice-liderança da Serie A

Neste domingo (25), pela Serie A, o Napoli venceu mais uma, a quarta seguida, desta vez diante do Chievo, por 1 a 0, no estádio Marcantonio Bentegodi, em Verona. O homem que decidiu tudo foi novamente  o artilheiro Gonzalo Higuaín, que marcou seu nono gol nos últimos dez jogos. 

Com a vitória, o Napoli alcançou a vice-liderança na tabela, com 18 pontos, atrás apenas da líder Roma, com 20 pontos. Já Chievo terminou a rodada na 11ª posição, com 12 pontos.

Mas os partenopei terão pouco tempo a celebrar, já que na próxima rodada, na quarta-feira (28), enfrentarão o Palermo, às 17h45 (de Brasília), em casa. Enquanto isso, o Chievo jogará, também na quarta, contra o Milan, fora de casa, no mesmo horário.

Napoli tenta, mas não consegue furar bloqueio gialloblù

O primeiro tempo foi composto por algo que já se previa: o Napoli procurando atacar, enquanto o Chievo montava sua parede defensiva e tentava em esporádicos contra-ataques. Na primeira etapa, os contra-ataques do time da casa não surtiram efeito, e os partenopei já rondavam a frente do gol de Bizzarri. Aos 22, tiveram grande oportunidade, quando após passe de Hamsík, Higuaín finalizou, mas a bol desviou, bateu na trave e saiu.

E os napolitanos tiveram nova oportunidade aos 31, em chute de fora da área de Higuaín, que foi na trave esquerda de Bizzarri e saiu. Desde então, poucas emoções em um primeiro tempo de poucos ataques e que só uma das equipes atacou.

Higuaín fura o bloqueio do Chievo e garante a vitória na segunda etapa

O segundo tempo parecia uma reprise do primeiro. Poucas oportunidades, e o Napoli dominando já no campo de defesa do Chievo. Mas o segundo tempo teve uma diferença vital a partir dos 14 minutos, e foi a favor dos napolitanos: Ghoulam cruzou na área e a bola caiu limpa no pé de Higuaín, que chutou forte no ângulo esquerdo, sem chances para Bizzarri defender. Era o nono gol nos últimos dez jogos do argentino, era o gol que colocava o Napoli na frente do marcador.

E o ímpeto ofensivo do Napoli continuou nos minutos seguintes, quando Insigne lançou para Higuaín girar na frente da zaga e bater, mas a bola foi por cima do gol. A partir daí, o Chievo foi quem começou a rondar a área dos napolitanos, representando perigo, mas até o apito final de Davide Massa, tão contestado por ambos os lados que acabou expulsando o técnico do Chievo, Rolando Maran, não conseguiu criar grandes oportunidades que ameaçassem a meta defendida por Reina.

E com o apito final, veio a quarta vitória seguida dos comandados de Maurizio Sarri no campeonato, comemorada pela torcida e pelos jogadores em campo, mas que certamente terão de esquecer logo pela rodada do meio de semana. 

VAVEL Logo