Milan bate Chievo pelo placar mínimo e sobe na tabela da Serie A

Nessa quarta-feira (28), Milan e Chievo duelaram no estádio San Siro, em partida válida pela décima rodada da Serie A, e a partida terminou com uma vitória rossonera, por 1 a 0, gol marcado por Luca Antonelli.

Com o resultado, o Diavolo sobe na tabela e agora ocupa a oitava posição com 16 pontos ganhos.  Já os gialloblu seguem sem vencer e ocupam a décima primeira colocação com 12 pontos ganhos.

Na próxima rodada, o Milan vai visitar a Lazio no estádio Olimpico no domingo (2), às 17h45 (de Brasília). No dia seguinte, o Chievo vai receber a visita da Sampdoria, às 16h (de Brasília).

Equilíbrio e nenhum gol marcado

O primeiro tempo no estádio San Siro foi caracterizado por muito equilíbrio por ambas as equipes, já que mesmo fora de casa, o Chievo não se intimidava com o Milan e procurava armar jogadas ofensivas. Já o Diavolo se manteve mais no campo de ataque, mas errou muito e criou poucas chances de abrir o marcador.

A primeira chance do jogo veio com Bertolacci que recebeu ótimo cruzamento de Cerci, mas não cabeceou para a direção correta e a bola foi por cima do gol. Alguns minutos mais tarde, Cerci recebeu na área de De Sciglio, girou em cima do defensor, mas bateu por cima. O Chievo chegou com perigo com Pellissier que após cobrança de falta, o atacante subiu mais que todo mundo e cabeceou forte, mas o promissor goleiro do Milan espalmou para escanteio.

Bacca também teve uma chance após passe de Antonelli, mas na hora do chute do atacante colombiano, Gobbi travou no momento certo e jogou para escanteio. No mais, a primeira etapa foi muito combatida, até por conta da chuva que caiu em Milão durante os 45 minutos iniciais e isso prejudicou um pouco o toque de bola, com as equipes preferindo lançamento, chutões e as bolas aéreas. E assim, o resultado seguiu até o final do primeiro tempo.

Milan muda de postura e alcança a vitória

A partida mudou completamente o seu panorama na segunda etapa, pois o Milan foi para cima do Chievo com todas as suas forças e criou muitas chances de gol. Primeiro, Bonaventura cobrou falta na área e Kucka cabeceou muito bem, mas Bizzarri fez uma grande defesa para evitar a vantagem rossonera.

Mas poucos minutos depois, Bonaventura enxergou Bacca entrando na área e tocou para o colombiano que dominou e só rolou para o lateral Antonelli chegar chutando de primeira e de perna direita para o fundo do gol. Algum tempo mais tarde, o Chievo teria a sua única chance da segunda etapa com Paloschi que já na grande área chutou forte, mas Donnarumma desviou para escanteio.

Depois, foi um festival de gols perdidos pelo Milan, principalmente com o volante Kucka. Primeiro, ele recebeu ótimo passe de Bonaventura e bateu colocado, mas a bola foi caprichosamente pra fora. Novamente Bonaventura fez boa jogada e cruzou na área e por muito pouco Cerci não desvia para o fundo das redes. Mais tarde, foi à vez de Bacca perder chance parecida, após Bertolacci tentar deixá-lo na cara do gol.

Já no fim, Kucka teve mais duas chances de gol, primeiro em mais um chute de fora da área e a bola passando muito perto e depois em cobrança de escanteio, onde o eslovaco subiu mais que todo mundo e cabeceou para fora. A última chance saiu dos pés de Bonaventura que recebeu cruzamento de Alex, pegou de primeira e quase marcou um golaço, mas a bola saiu ao lado. E assim, o resultado se permaneceu até o apito final do árbitro. 

VAVEL Logo