Perto de retorno ao Bernabéu, Di María afirma: "Sempre quis permanecer no Real Madrid"

Que Angel Di María foi um grande jogador na história do Real Madrid, isso ninguém discorda. Importantíssimo na conquista de La Décima há duas temporadas, o argentino ainda é muito querido por boa parte da torcida merengue, principalmente pelo que fez nos jogos decisivos. Mas a saída do meia da equipe de Madri foi meio conturbada, com muitos rumores. Ele deixou o clube e foi para o Manchester United, onde passou apenas uma temporada, até se transferir ao Paris Saint-Germain.

Mas, mesmo com toda essa saída conturbada, Di María afirmou que nunca quis deixar o clube espanhol, além de afirmar que tinha pouco contato com o presidente do clube, Florentino Pérez, o que pode ter sido decisivo na sua saída: “Minha intenção era sempre permanecer no Real Madrid. Eu não tinha muito contato com o Florentino Perez”, afirmou.

Perto de retornar o Santiago Bernabéu, estádio merengue, após duas temporadas, Di María disse que o PSG tem chances de vencer a Uefa Champions League, além de afirmar que sempre será grato por todo o carinho que a torcida merengue lhe deu: “O PSG pode vencer a Champions League. Os jogadores querem o troféu e o clube também. Nós vamos ver um bravo PSG no Bernabéu. Eu não vou me esquecer da torcida do Real Madrid. O carinho na minha última partida foi muito especial e serei sempre grato aos torcedores do Real Madrid”, disse.

Para finalizar, o argentino ainda falou sobre seu ex-companheiro de time Cristiano Ronaldo, afirmando que o português é uma pessoa totalmente diferente fora de campo, além de falar sobre as comparações sobre o camisa 7 merengue e Lionel Messi.

"Compartilhei muitas coisas importantes com Ronaldo. É uma excelente pessoa, não é o que demonstra ser dentro de campo. As pessoas podem pensar que fora do futebol ele é exatamente igual, mas não é bem assim. Dentro das quatro linhas é o que é: quer ganhar tudo, fazer gols e dói-lhe quando não marca ou quando a equipe não vence. É uma grande pessoa e ganhou tudo o que tem sendo como é".

"Sempre disse que são os dois melhores jogadores do mundo porque é assim que penso, com toda a honestidade. Por isso é que todos os anos estão na disputa pela Bola de Ouro. Não escolho nem um nem outro, são simplesmente os melhores", finalizou Di María sobre a comparação entre os dois melhores jogadores do mundo.

VAVEL Logo