Com gol de Pasalic, Monaco supera Angers e conquista a primeira vitória em casa
Foto: Jean Christophe Magnenet/AFP

Após 12 rodadas, o Monaco venceu a primeira partida em casa na Ligue 1 nesta temporada. Na tarde deste domingo (1º), o time do principado bateu o Angers, por 1 a 0, em jogo válido pela 12ª rodada do certame, com gol solitário marcado por Mario Pasalic.

Com o resultado, os monegascos subiram na classificação. Por outro lado, os alvinegros, sensação deste começo de Campeonato Francês, perderam a segunda posição.

Mesmo com nove desfalques, o Monaco conseguiu importante vitória. Agora a equipe ocupa a sexta posição, com 20 pontos. A distância para o Saint-Étienne, quarto colocado, é de dois pontos, colocando os monegascos na briga por vagas em competições europeias. Na quinta-feira (5), o ASM visita o Qarabag, em jogo válido pela fase de grupos da Uefa Europa League.

O Angers, por sua vez, amargou sua segunda derrota na competição e caiu para o terceiro lugar. Agora, os alvinegros estão em terceiro, com 22 pontos. O Lyon, que venceu o Troyes no sábado (31), é o novo segundo colocado. Na próxima sexta-feira (6), o clube recebe o Rennes.

Em etapa inicial com poucas chances, Pasalic abre o placar

A primeira oportunidade da partida foi do Angers, Billy Ketkeophomphone dominou e chutou de fora da área. A bola passou ao lado da meta. Pouco depois. Billy passou por Elderson e Toulalan, avançou e bateu cruzado, Subasic fez boa defesa. Os visitantes criaram boas chances: após escanteio, N'Doye subiu e mandou de cabeça, a tentativa não foi na direção do gol, mas assustou.

Com o passar dos minutos, o Monaco tentou a tomar as ações da partida. Mantinha a posse da bola, mas tinha dificuldades em entrar na área adversária. O Angers também não conseguia criar boas jogadas, a solução encontrada foi chutar da intermediária. Sunu arriscou de longe e Subasic encaixou.

Aos 35 minutos, o time do principado abriu o placar: Rony Lopes ergueu bola na área, Lacina Traoré escorou de cabeça e Pasalic apareceu na segunda trave completando para o gol. A resposta do Angers veio também pelo alto, após cobrança de falta, N'Doye tentou uma meia bicicleta, mas a bola foi na rede pelo lado de fora. O setor ofensivo do time visitante foi discreto na etapa inicial.

Monaco segue melhor no segundo tempo e segura a vitória

Na volta do intervalo, o Monaco quase ampliou: Rony Lopes puxou contra-ataque e acionou El Shaarawy na esquerda. O italiano entrou na área, e de frente para o gol, chutou para fora, desperdiçando grande oportunidade. Minutos depois Lopes perdeu uma chance incrível: Echiejile cruzou e o português, com o gol aberto, pegou mal na bola e mandou pela linha de fundo.

O jovem meio-campista português estava inspirado: trouxe da direta para o meio e soltou a bomba de canhota, Butelle espalmou com dificuldades. Após um inicio de segundo tempo intenso, o ritmo da partida caiu bastante. O Monaco segurava a bola e deixava o tempo passar, já o Angers tinha muita dificuldade em levar perigo ao gol de Subasic.

Na segunda metade da etapa final, Leonardo Jardim tirou Rony Lopes e colocou o brasileiro Boschilia. Mesmo com as várias mudanças, de ambas as equipes, o jogo seguiu sonolento. A única chance de empate do Angers veio com N'Doye, nos minutos finais. Após cruzamento, sozinho, cabeceou para fora.

Com a vantagem, os monegascos apostavam em contra-ataques: El Shaarawy fez boa jogada pela esquerda, deu uma caneta no adversário, mas o goleiro antecipou o italiano e ficou com a bola. João Moutinho chutou de fora da área, rasteiro, a redonda passou ao lado da meta.

VAVEL Logo