Sportivo Luqueño e Santa Fé empatam no primeiro jogo da semifinal da Sul-Americana

Na noite desta quarta-feira (4), foi realizada a primeira partida da primeira semifinal da Copa Sul-Americana, em Luque, no Paraguai. Após eliminar o Atlético-PR na fase anterior, o Sportivo Luqueño recebeu agora o Independiente Santa Fé, que na fase anterior eliminou o Independiente. Os paraguaios abriram o placar, mas sofreram o empate no segundo tempo e agora os colombianos podem até empatar por 0 a 0 para garantirem a vaga para a grande final da competição. 

Paraguaios abrem o placar e dominam o jogo

O estádio Feliciano Cáceres, em Luque, no Paraguai, estava lotado para acompanhar um jogo empolgante para a torcida do Luqueño. E a pressão era toda do time da casa. Logo aos 3', o atacante Mendieta invadiu a área e pediu pênalti, mas o árbitro Darío Ubriaco mandou o jogo seguir. Os paraguaios também atacaram em cobrança de falta de Aldana, que passou perto. Com tanta pressão, os colombianos ficaram recuados, e o time da casa finalmente marcou. Aos 13', após um cruzamento, a bola foi escorada para a entrada da área, onde estava Di Vanni, que chutou forte e abriu o placar para o Sportivo

Mesmo com o placar aberto, o time de Luque não parou de atacar. Aldana arriscou novamente, mas ficou na trave. No final do primeiro tempo, mais duas chances foram cruciais para que o time da casa quase aumentasse o placar. O atacante Mendieta cobrou boa falta para boa defesa do goleiro colombiano Zapata, e Miño também arriscou, mas a bola foi para fora. O primeiro tempo acabaria assim, com o Santa Fé indo para o vestiário com medo do jogo.

Santa Fé equilibra o jogo e consegue o empate

As duas equipes voltaram para o jogo sem alterações, e o jogo perdeu ritmo nos minutos iniciais, já que os paraguaios encontravam uma marcação mais forte dos visitantes. Mesmo assim, não demorou muito para que os ataques voltassem. Mendieta cobrou falta para fora, e o atacante Ortega quase marcou na sequência. Com 15', Salazar saiu para entrada de Perlaza, primeira alteração no time colombiano. Um minuto depois, o mesmo Perlaza recebeu a bola um pouco distante da entrada da área e arriscou para o gol, acertando o canto esquerdo de Chena, que nada pôde fazer. O Santa Fé empatava o jogo. 

Nos minutos seguintes, a partida perdeu toda sua intensidade, e as duas equipes disputavam a bola no meio de campo, sem conseguir muitas chances para avançar. Aos 30', Leguizamón bobeou na frente do ataque do Santa Fé, e Morelo avançou e driblou o goleiro Chena, mas não conseguiu acertar o gol, mandando por cima. Cinco minutos depois, Leguizamón cobraria falta para fora, marcando assim a última chance de gol da partida. Depois do apito final, Morelo ainda se desentendeu com os jogadores paraguaios, e, uma grande briga generalizada entre todos em campo.

VAVEL Logo