Basel mostra forças para superar Belenenses e segue líder isolado no Grupo I
Foto: Divulgação/Basel

Na noite desta quinta-feira (5), o Belenenses recebeu o Basel, no Estádio do Restelo, em confronto direto pela liderança do Grupo I da Uefa Europa League. Com um baixo público, os azuis sucumbiram para os rotblau e foram derrotados por 2 a 0, com gols de Janko Embolo.

Com o resultado negativo, os portugueses ficam na última posição, com quatro pontos, e saldo negativo de cinco. Os suíços, porém, permanecem disparados na 1ª colocação, somando agora nove pontos.

Os times voltam a campo, pela 5ª rodada da Europa League, somente no dia 26 de novembro. Os lusos seguem jogando em seus domínios ao duelar com o Lech Poznan, enquanto os helvéticos irão receber a Fiorentina, no St Jakob Park, valendo o topo do grupo. Ambos jogam às 15h (de Brasília).

Assim como no confronto disputado na Basileia, as equipes começaram com bastante equilíbrio, com poucas aparições no setor ofensivo devido à boa postura do sistema defensivo. Quem começou mais avançado foi o Basel, mas sem muita qualidade na saída para o ataque, dando espaço para o Belenenses armar contra-golpes.

Sem muita criatividade, os times falharam muito ofensivamente, desperdiçando chances de criar bons momentos e tornaram a partida sem muitas emoções. A melhor oportunidade veio com os suíços, mas que pararam na trave. Após fazer boa jogada individual, Embolo ficou com a sobra e tentou mandar fora do alcance do goleiro, porém acertou o poste direito.

Com mais volume de jogo, os visitantes seguiram melhores, porém sem qualidade no arremate e sem conseguir tirar o zero do placar. Buscando explorar os contra-ataques, os portugueses esperaram apenas um descuido dos helvéticos. A falha, contudo, foi dos mandantes, que cometeram um pênalti nos minutos finais. O atacante Janko bateu no lado direito, o arqueiro foi no esquerdo e o marcador foi inaugurado.

Na etapa final, os anfitriões voltaram mais ligados, mas ainda sem conseguir pressionar por conta da baixa qualidade técnica apresentada. Os suíços, que estavam mais precavidos, se postaram bem defensivamente e administraram a vantagem construída, visando explorar os erros dos lusos para ampliar.

Saindo bem no contra-ataque, os visitantes mostraram eficiência e voltaram a balançar as redes e sacramentando o resultado. Zuffi viu Embolo surgir no meio da marcação e tocou. O atacante suíço disparou em velocidade, passou pelo arqueiro e estufou o barbante, marcando o segundo e último tento do duelo.

VAVEL Logo