Autor de dois gols na vitória do Napoli, Gabbiadini afirma: "Seguiremos jogando para vencer"
(Foto: Divulgação/Napoli)

Pouco mais de 180 minutos em campo, uma solitária titularidade, um gol e duas assistências. Este é resumo de Manolo Gabbiadini na atual edição Serie A, onde o goleador não encontra muito espaço nas escalações de Maurizio Sarri, que realmente não tem mudado tanto o sistema ofensivo partenopei - quando se trata de campeonato nacional. Porque na Uefa Europa League, em contrapartida, Gabbiadini esteve presente em todas as partidas, com quatro tentos.

Nesta quinta-feira (5), 50% desse número total virou realidade, contra o Midtjylland, da Dinamarca. Após o duelo, o ainda jovem atacante comentou coisas relacionadas a Europa League: "Tornamos nosso caminho simples na competição, dedico estes gols a quem está perto e sempre acreditou em mim", falou o antigo jogador de Sampdoria e Bologna. "Desejávamos passar de fase de forma antecipada, com o primeiro lugar", seguiu explicando ele.

"Mas agora (mesmo já classificados), seguiremos jogando para vencer. Todos somos possíveis titulares, somos um grupo completo. Não há concorrência, o importante é vencer", exaltou Manolo, se referindo à sua situação no elenco napolitano que venceu o Midtjylland por 5 a 0. O clube lidera o Grupo D com 12 pontos.

Também depois da partida, o técnico Sarri deixou suas sensações: "Agradeço ao presidente [Aurelio De Laurentiis], que me defendeu quando os resultados não chegavam. Agradeço aos jogadores que vinham jogando menos e responderam".

"El Kaddouri está entrando com frequência no campeonato, pegou seu espaço com méritos. Estou gostando particularmente de Maggio, um jogador como ele, experiente, está mostrando que pode jogar assim", disse. "Sobre Allan? Me parece errado desperdiçar energia quando se tem um 5 a 0, tentando ir para cima ao invés de gerir. O Jogo contra a Udinese [próximo compromisso]? É um desafio importante, em um momento que pode ser importante", resumiu.

Como relatou o treinador do Napoli, o próximo encontro será contra a Udinese, de Stefano Colantuono, no estádio San Paolo, às 15h (Brasília) do domingo (8).

VAVEL Logo