Athletic Bilbao bate Espanyol com golaço de Williams e se aproxima do G-4

Vindo de cinco jogos sem saber o que é perder ou empatar, o Athletic Bilbao recebeu na manhã deste domingo (8) o Espanyol, em partida válida pela 11° rodada do Campeonato Espanhol 2015/2016 realizada no estádio San Mamés, casa do Athletic. 

Tendo um brilhante início de temporada, os torcedores bascos estão cada vez mais empolgados com o time comandado por Ernesto Valverde. A vítima da vez foi o Espanyol, que na 12° posição com treze pontos foi à Bilbao para tentar tirar pontos do time basco que vem numa ascendente boa, sem perder há 7 jogos.

Os donos da casa não tiveram vida fácil para conseguir bater os visitantes, que em certo momento do jogo, até jogaram melhor. O gol digno de Prêmio Puskas de Iñaki Williams abriu o placar para os bascos antes dos dez minutos, e deu certa tranquilidade para os anfitriões até o fim do primeiro tempo. Na segunda etapa, o jogo mudou, e com o Espanyol em cima, os visitantes chegaram ao empate com Pérez, e o jogo se igualou aos dez minutos. Foi quando apareceu Raul Garcia, que desempatou a partida aos 64 e garantiu a vitória dos bascos. 2 a 1.

Com a vitória, o Athletic pulou para a 8° posição com 17 pontos, estando há três pontos dos quatros primeiros colocados. Já o Espanyol, não saiu da 12° posição, com 13 pontos. Após a parada para a data Fifa, o Bilbao volta a campo no domingo (22) para visitar o Granada, pela 12° rodada de La Liga. O Espanyol, por sua vez, buscará se reerguer recebendo o Málaga, no sábado (21).

Gol memorável de Williams e vantagem basca no primeiro tempo

Com cinco jogos só de vitórias, os donos da casa é quem foram para cima no início do jogo. Como o esperado, a pressão feita pelo time de Ernesto Valverde era grande, e a posse de bola era dos bascos. O Espanyol parecia acuado, e o gol parecia questão de tempo. Sendo assim, aos oito minutos, um gol memorável sairia dos pés de Iñaki Williams: o atacante recebeu no alto de San José, e de costas pro gol, deu um chapéu no zagueiro, e sem deixar a bola cair, pegou de primeira para abrir o placar. 1 a 0 e todos perplexos com o feito do jovem atacante.

Em desvantagem, mas com limitações técnicas, os visitantes não conseguiam esboçar uma reação, e o Athletic dominou por completo o gramado do San Mamés. Sendo assim, a partida ficou tranquila para os bascos, que administraram o resultado positivo até o fim da primeira etapa. E ainda teve tempo para criar mais chances de gol.

O Espanyol, que pouco fez na primeira etapa precisava voltar com um ânimo diferente, se quisesse tirar pontos dos bascos dentro dos seus domínios.

Espanyol empata, mas Raúl Garcia dá a vitória aos bascos

A equipe do técnico Sergio voltou com outro animo na segunda etapa, e com cinco minutos de jogo, tinha a posse de bola e a vantagem numérica no ataque. Com isso, o gol de empate saiu dos pés de Pérez, que aos sete minutos tabelou bonito com Víctor Sánchez e saiu na cara do gol. Frente à Iraizoz, o atacante apenas tirou do goleiro para marcar. 1 a 1.

O Bilbao sentiu o gol de empate, mas não deixou de reivindicar a posse da bola e o domínio do jogo. O empate não era bom para os mandantes, que se foram ao ataque para tentar definir o jogo.

Aos 20 minutos, após a pressão basca, Susaeta cruzou de longe na área, onde estava colocado Raúl Garcia, que meio desajeitado, mandou para o fundo do gol  e definiu a vitória para o Athletic. 2 a 1.  O Espanyol pouco fez para reverter o placar negativo. Por conta de suas limitações, os donos da casa administraram com tranquilidade o placar favorável e saíram com os três pontos do San Mamés.

VAVEL Logo